10:41 11 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Militares ucranianos em Donbass

    Rússia abre inquéritos contra oficiais ucranianos por ataques aos cidadãos em Donbass

    © AP Photo / Evgeniy Maloletka
    Europa
    URL curta
    351

    Nesta terça-feira (1), a porta-voz do Comitê Investigativo da Rússia, Svetlana Petrenko, informou que o órgão abriu processos penais contra quatro comandantes acusados de ataques à população civil em Donbass em março de 2016.

    Foi informado que, além dos civis, prédios na região foram alvos dos ataques realizados pelos comandantes.

    Segundo Petrenko, os comandantes das Forças Armadas ucranianas usavam meios e métodos proibidos de ações militares, violando normas legais internacionais.

    Trata-se de três comandantes das brigadas mecanizadas 72, 93 e 30 – coronéis Andriy Sokolov, Vladislav Klochkov e Vitaly Yakubov. Porém, há mais um suspeito – o tenente coronel Mykhaylo Prokopiv.

    Em abril de 2014, as autoridades de Kiev iniciaram uma operação militar contra os movimentos de independência em Donbass. Em fevereiro de 2015, os dois lados chegaram a um acordo de cessar-fogo depois de conversas mediadas pelos líderes da Rússia, da França, da Alemanha e da Ucrânia — o chamado Quarteto da Normandia — na capital bielorrussa, Minsk. Apesar do acordo, o regime de cessar-fogo tem sido violado regularmente.

    Mais:

    Rússia revela identidade de comandantes ucranianos que bombardearam civis em Donbass
    Radicais ucranianos se aproximam da fronteira com Donbass
    Tags:
    civis, ataques, violações, inquérito, comandantes, Forças Armadas da Ucrânia, Quarteto da Normandia, Comitê de Investigações da Rússia, Minsk, Donbass, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik