10:13 13 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Soldados da Noruega na capital Oslo

    Noruega permite instalação de forças estrangeiras pela primeira vez após 2ª Guerra Mundial

    © AP Photo / Matt Dunham
    Europa
    URL curta
    229
    Nos siga no

    No próximo ano, a Noruega receberá, por tempo determinado, cerca de 330 fuzileiros navais dos EUA no seu território, informa o Ministério da Defesa do país.

    O comunicado de imprensa da entidade comunicou que "o governo tem interesse em ampliar exercícios e programas de treinamento com os aliados e planeja iniciar contatos com os EUA sobre capacidade de preparo conjunto com militares norte-americanos na Noruega em 2017 com base rotativa".

    Segundo planejado, o programa de exercícios começará após o encaminhamento da respectiva solicitação pelos EUA. A base militar de Vaernes, perto da cidade de Trondheim, será o local onde os fuzileiros navais se posicionarão.

    Pela primeira vez, após a Segunda Guerra Mundial, a Noruega permite a presença de militares estrangeiros no seu território.

    Segundo a ministra da Defesa norueguesa, Ine Eriksen Sereide, "a cooperação de teste é baseada na rotação de militares norte-americanos, não se tratando de posicionamento permanente de soldados dos EUA na Noruega ou da criação de base norte-americana na Noruega".

    O treinamento e a troca de experiências entre os militares de ambos os países terão início em janeiro de 2017.

    Porém, segundo a agênia Reuters, essa decisão do governo gerou críticas por parte da oposição na Noruega.

    Mais:

    Mudança de fronteiras: Noruega constrói nova barreira junto à Rússia
    Força nórdica: primeiras mulheres se tornam soldados na Noruega
    Tags:
    fuzileiros navais, presença militar, base militar, forças, Segunda Guerra Mundial, Ministério da Defesa, EUA, Noruega
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar