05:45 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Tiraspol, a capital da Transnístria

    Transnístria pode aderir à Rússia

    © flickr.com/ Vitaliy Velikodniy
    Europa
    URL curta
    113318410

    O presidente da região localizada no Leste Europeu Evgueni Shevchuk fez a respectiva declaração durante a coletiva realizada pela agência internacional de informações Rossiya Segodnya.

    A Transnístria está situada dentro das fronteiras da Moldávia e é um Estado não reconhecido internacionalmente — o Conselho da Europa considera a questão da Transnístria um conflito congelado.

    Falando durante a coletiva realizada nesta sexta-feira (23) sobre as esperanças da Transnístria aderir à Rússia, Shevchuk notou:

    "A resolução desta questão é a nível político, a nível da tomada de decisão política respectiva pelos órgãos competentes. Nós, transnistrianos, tomámos por nós mesmos esta decisão através de referendo. Ela é óbvia, transparente e aberta."

    O chefe da região notou também que é claro que a situação regional atual sugere que o desejo de união pode ser mútuo.

    "Neste respeito a Transnístria procura a aproximação, mas isso depende das capacidades da própria Rússia e nós consideramos também estas peculiaridades," disse Shevchuk.

    A Transnístria, com 60% da população composta por russos e ucranianos, procurava a separação da Moldávia ainda antes do colapso da URSS, receando que a Moldávia se juntasse à Romênia. Em 1992, após uma tentativa malsucedida das autoridades para resolver o problema por meio da força, a Transnístria ficou, de fato, como um território fora do controle de Chisinau.

    Mais:

    OTAN exigirá que Rússia retire tropas da Transnístria
    Conflitos no espaço pós-soviético: por que vizinhos da Rússia não conseguem viver em paz?
    Tags:
    adesão, referendo, Rússia, Transnístria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik