18:40 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Tropas americanas pousam de paraquedas no campo militar de Torun, perto da Polônia, em 7 de junho de 2016 durante os exercícios militares da OTAN Anakonda-16.

    Forças especiais da Polônia em Donbass? Por que motivo?

    © AFP 2017/ JANEK SKARZYNSKI
    Europa
    URL curta
    394401136

    Nas páginas do semanário polonês NIE (“NÃO” em polonês) foi publicado um artigo onde se lê que o ministro da Defesa da Polônia está provocando a Rússia.

    O artigo, com o conteúdo de tal ressonância, foi escrito pelo vice-editor-chefe da revista Andrzej Rozenek.

    O autor assegura que o ministro da Defesa da Polônia Antoni Macierewicz ordenou o envio de 18 militares poloneses de forças especiais, sob comando de um oficial de contraespionagem, para Donbass. Eles foram alojados à distância de 80 km da linha de frente. Segundo o autor, este passo pode ter consequências graves.

    A Sputnik Polônia falou com o autor Andrzej Rozenek para esclarecer a situação.

    Rozenek disse que sua fonte é muito segura, ele acrescentou mesmo que se refere a duas fontes que confirmaram esta informação. Mas como todos os jornalistas, ele não revela quem são as fontes.

    O Ministério da Defesa não fez nenhum comentário sobre a questão, mas a Chancelaria do presidente nega a informação, dizendo que os militares foram enviados para um campo de treinamento internacional.

    “Claro que eles responderam com uma semiverdade, os soldados realmente foram enviados para um treinamento à Ucrânia, para a zona de fronteira polonesa-ucraniana. Ali os militares fazem exercícios com ajuda de instrutores da OTAN, entre eles há também poloneses. Mas eles são os militares de unidades de montanha e não são de forças especiais.”

    O jornalista julga que esta ação terá graves consequências internacionais. Agora a oposição polonesa começa a falar sobre o afastamento do ministro da Defesa por causa deste acontecimento. Além disso, o jornalista destacou que isto é uma violação da lei sobre o uso do exército polonês fora do país.

    Infelizmente, as autoridades polonesas guardam silêncio, bem como outros jornalistas que estão convencidos que isto são somente exercícios. Mas, segundo Andrzej Rozenek, esta informação é notoriamente falsa.

    Mais:

    Polônia encomenda sistemas de mísseis Patriot dos EUA
    Polônia convoca reunião militar após anúncio de inspeção surpresa das tropas russas
    Rússia condena vandalismo em túmulos de soldados soviéticos na Polônia
    Tags:
    violação, forças especiais, treinamento militar, Ministério da Defesa, OTAN, Donbass, Ucrânia, Polônia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik