16:45 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Caça F-16 da Dinamarca

    Dinamarca reconhece ter participado do ataque contra exército sírio

    © flickr.com/ Carlos Menendez San Juan/CC BY-SA 2.0
    Europa
    URL curta
    Ataque americano contra exército sírio (26)
    141610410

    Na operação da coalizão internacional participaram dois caças F-15 da Dinamarca.

    Na declaração publicada no site do exército dinamarquês se acrescenta que Copenhague está pronta a se desculpar perante Damasco se for confirmada a informação de que se tratou de um ataque inadvertido. 

    "O ataque foi cessado imediatamente, porque da parte da Rússia surgiu a informação de que estariam sendo atacadas posições dos militares sírios", acrescentaram militares da Dinamarca. 

    Anteriormente, a Austrália tinha também reconhecido a sua participação neste ataque. 

    "Nosso país nunca atacaria o exército sírio nem apoiaria o Daesh", declarou o Ministério da Defesa australiano, exprimindo condolências aos familiares dos mortos e feridos. 

    As forças da coalizão internacional efetuaram 4 ataques contra o exército sírio no sábado (17). Cerca de 62 militares sírios morreram, mais de 100 foram feridos.

    ​O Pentágono já tinha confirmado o ataque contra as posições das forças governamentais, classificando o incidente como "um erro".

    Tema:
    Ataque americano contra exército sírio (26)

    Mais:

    Rússia realiza voo de observação sobre Dinamarca
    Não vai ter golpe islâmico contra chope na Dinamarca
    Tags:
    vítimas, erro, incidente, forças, posições, exército, ataque, F-16, Damasco, Copenhague, Síria, Austrália, Dinamarca
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik