14:50 13 Dezembro 2017
Ouvir Rádio
    Presidente ucraniano Pyotr Poroshenko

    Poroshenko reclama do descumprimento de cessar-fogo em Donbass

    © AP Photo/ Mindaugas Kulbis
    Europa
    URL curta
    201

    O presidente da Ucrânia, Pyotr Poroshenko, declarou em encontro com os ministros das Relações Exteriores da Alemanha e da França, Frank-Walter Steinmeier e Jean-Marc Ayrault, que o cessar-fogo iniciado em Donbass em 1º de setembro não está sendo cumprido.

    "Os lados discutiram a situação com a segurança em Donbass. Pyotr Poroshenko destacou que a iniciativa do lado ucraniano, que recebeu apoio da chanceler alemã Angela Merkel e do presidente francês François Hollande, sobre a introdução do regime de cessar-fogo a partir de 1º de setembro não está sendo cumprida – os ataques de artilharia estão sendo mantidos, há feridos e mortos entre militares ucranianos" – diz um comunicado emitido hoje (14) pela assessoria de Poroshenko.

    De documento diz ainda que "o presidente da Ucrânia destacou que a Rússia não cumpre as obrigações assumidas no âmbito dos Acordos de Minsk".

    Em abril de 2014, Kiev iniciou uma operação militar nas províncias de Donetsk e Lugansk, que fazem parte da região de Donbass, para reprimir os focos de insatisfação com golpe de Estado ocorrido em fevereiro do mesmo ano. Segundo os últimos dados da ONU, o confronto no país já causou mais de 9.400 mortes e mais de 21.800 feridos.

    A fim de buscar uma solução para o conflito, em 12 de fevereiro de 2015 representantes da Alemanha, Rússia, França e Ucrânia se reuniram na capital da Bielorrússia e determinaram a retirada de tropas e o cessar-fogo completo em Donbass, através da assinatura dos chamados Acordos de Minsk.

    Apesar de tratar-se de um conflito interno, Kiev e o Ocidente exigem que a Rússia também cumpra os Acordos de Minsk, acusando Moscou de apoiar os independentistas de Donbass e de interferir nos assuntos internos da Ucrânia. Kremlin, no entanto, garante que não tem qualquer envolvimento na crise interna ucraniana e que está totalmente interessado numa resolução pacífica do conflito no país vizinho.

    Tags:
    cessar-fogo, Jean-Marc Eyraud, Frank-Walter Steinmeier, Pyotr Poroshenko, Donbass, Alemanha, França, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik