14:53 21 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Forças especiais da Moldávia durante exercícios militares

    Moldávia inicia exercícios militares com participação dos EUA

    © flickr.com/ 7th Army Training Command
    Europa
    URL curta
    417
    Nos siga no

    Os exercícios militares, nomeados Escudo de fogo 2016, que contam com participação de militares dos EUA e da Romênia foram iniciados na Moldávia.

    O respetivo anúncio foi feito pela porta-voz do Ministério da Defesa moldavo, Ala Diaconu.

    Segundo ela, "além de 233 soldados do Exército Nacional da Moldávia, 30 militares dos EUA e da Romênia estão participando dos exercícios".

    As manobras, das quais participam unidades de artilharia do Exército Nacional da Moldávia e equipes norte-americanas e romenas, seguirão até o dia 24 de setembro no polígono militar de Bulboaca, a 30 quilômetros de Chisinau.

    Segundo Diakonu, "não haverá mais exercícios militares no país até o final do ano, mas os soldados moldavos vão participar de manobras militares internacionais no exterior".

    Desde o início deste ano, a Moldávia tem realizado vários exercícios juntamente com os EUA. Anteriormente, 17 generais e almirantes norte-americanos, incluindo o ex-comandante supremo da OTAN na Europa, general Philip Breedlove e comandante das forças terrestres dos EUA na Europa, tenente-general Ben Hodges, visitaram o país.

    A Constituição da Moldávia afirma que o país é neutro. Entretanto, a república coopera com a OTAN no âmbito de um plano individual de parceria desde 1994. Segundo pesquisas de opinião pública, a maioria dos residentes do país é contra a adesão de Chisinau à Aliança.

    Mais:

    Brexit diminui chances da Ucrânia, Geórgia e Moldávia fazerem parte da União Europeia
    Moldávia pede a OTAN para expulsar contingente russo da Transnístria
    EUA e Estônia iniciam exercícios contra alegada ‘ameaça russa’
    Tags:
    polígono de testes, aliança militar, artilharia, manobras, exercícios militares, OTAN, Ben Hodges, Philip Breedlove, Chisinau, Moldávia, Romênia, Europa, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar