03:54 24 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Militares lituanos na Ucrânia, 23 de novembro de 2015

    Ciclo da arma usada: Lituânia entrega munições obsoletas à Ucrânia

    © Sputnik/ Stringer
    Europa
    URL curta
    2140936

    Lituânia forneceu à Ucrânia 150 toneladas de munições para serem usadas nos combates em Donbass, se trata principalmente de munições para fuzis de assalto Kalashnikov, que o exército lituano já não usa.

    As munições foram entregues à Ucrânia de acordo com uma decisão baseada no pedido de apoio da Ucrânia. O Ministério da Defesa da Lituânia destacou que o transporte foi organizado pelo exército lituano, mas quem paga os custos do transporte é a Ucrânia.

    Veja o comentário do analista político Pyotr Maleev, autor do serviço russo da rádio Sputnik.

    "Dizem que é mal ser avarento. Também se diz que é preciso compartilhar. Mas na verdade a maioria não gosta disso. Quem inventou isso? Quem não é altruísta sempre fará tudo para que o que for feito seja registrado, do tipo: ‘Amigos, nós praticamos caridade! Todos ouviram? Sabem porquê? Porque somos gente muito boa. Nós aqui não precisamos de velharias, vamos entregá-las aos indigentes."

    Lituânia fez isso porque a Ucrânia deve ser independente. Ela precisa de ajuda. Tem que compartilhar com ela seus bens, sejam eles obsoletos ou não, eles sempre podem ser úteis. Afinal de contas, podem ser usados para fotos falsificadas de material russo abatido, ironiza o analista.

    A mídia local logo começou brincando que esta entrega de armas velhas à Ucrânia ajudará a liberar espaço para armas velhas da OTAN.

    Pyotr Maleev compara os Países Bálticos com uma janela da Europa, e a Ucrânia nesta comparação recebe o lugar de ático, onde se guardam coisas inúteis.

    Em 2 de setembro, o Ministério da Defesa da Lituânia anunciou a entrega à Ucrânia de 150 toneladas de munições antigas, principalmente munições de calibre 5,45 mm para fuzis Kalashnikov. Em novembro de 2014, foram entregues dois tratores blindados para construção de obras defensivas.

    Mais:

    OTAN pede que lados do conflito na Ucrânia retomem imediatamente as conversações
    Explosão na Ucrânia resulta na morte de representante da OTAN
    Mídia: atriz pornô representa Ucrânia na cúpula de OTAN
    Grushko: ajuda da OTAN à Ucrânia favorece 'partido da guerra' em Kiev
    Tags:
    armas, cooperação militar, Países Bálticos, Lituânia, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik