18:24 23 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Observadores da OSCE na Ucrânia

    Especialista russo avalia chances de novo acordo sobre armas na Europa

    © flickr.com/ OSCE_SMMU
    Europa
    URL curta
    0 35141

    Novo tratado de controle de armamentos na Europa poderá ser assinado somente se os critérios russos forem respeitados, opina o ex-chefe de uma das entidades do Ministério da Defesa da Rússia, tenente-general Yevgeny Buzhinsky.

    Antes, o ministro das Relações Exteriores da Alemanha Frank Walter Steinmeier ressaltou a necessidade de alcançar tal acordo que, segundo ele, ajudaria a evitar uma corrida armamentista entre a Rússia e a OTAN.

    Segundo Buzhinsky, desde que a Rússia abandonou o Tratado sobre as Forças Armadas Convencionais na Europa (FACE), o país tem sido sujeito a críticas por, supostamente, violar o controle de armamentos.

    Entrevistado pela agência RIA Novosti na sexta-feira (26), Buzhinsky informou que o novo tratado poderá ser criado, mas apenas nas condições propostas pela Rússia. Isso significa que no documento têm que ser incluídos novos tipos de armas – mísseis de cruzeiro, aviação embarcada e drones.

    Ao mesmo tempo o representante do Ministério da Defesa russo deixou claro que antes de o novo tratado ser assinado é necessário tomar providências para garantir a segurança na Europa.

    Mais:

    Mídia: esperança da Europa de diminuir dependência da Rússia sofreu fiasco
    Rússia e Bielorrússia discutem presença da OTAN na Europa Oriental
    Tags:
    mísseis de cruzeiro, drones, tratado, armamentos, aviação, Ria Novosti, Ministério da Defesa (Rússia), OTAN, Europa, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik