11:40 26 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    Incêndio florestal avançou para a zona histórica da cidade do Funchal, capital da Ilha da Madeira, em Portugal

    Número de incêndios florestais em Portugal baixa 10 vezes

    © AFP 2017/ JOANA SOUSA
    Europa
    URL curta
    0 29441

    O número de incêndios florestais em Portugal diminuiu, em parte graças à ação da aviação internacional, integrada nomeadamente por dois aviões anfíbios russos Be-200, enviados pelo Ministério para Situações de Emergência.

    "Durante a última semana, com o esforço comum de grupos terrestres (de bombeiros) e aviação internacional foi possível reduzir o número de incêndios florestais em mais de 10 vezes. Os grandes incêndios já foram extintos, aparecem de vez em quando apenas incêndios locais, que ocorrem 2 ou três vezes 3 por dia", disse o interlocutor da agência.

    Aviões do ministério russo realizam voos diariamente no país para combater os fogos, tendo eliminado diversos focos. "Os Be-200 em Portugal mostraram a sua alta eficiência. Diariamente eles realizam uma média de 10 descargas de água, eliminando vários focos de incêndios", destacou o Ministério para Situações de Emergência.

    "Apenas em Portugal eles apagaram 10 incêndios em uma área total de mais de 2 mil hectares, protegendo do fogo três parques nacionais e sete povoados onde vivem mais de 55 mil pessoas", informa ministério russo.

    Estes aviões anfíbios já descarregaram nas florestas em chamas mais de 900 toneladas de água.

    Duas aeronaves Be-200 chegaram à cidade portuguesa de Leiria a pedido de Portugal em 13 de agosto. Já no dia seguinte, eles começaram a trabalhar.

    O avião anfíbio Be-200 é um dos mais eficientes do mundo no combate a incêndios. A sua singularidade reside no fato de que ele enche os tanques com 12 toneladas de água deslizando sobre uma superfície de água.

    As tripulações dos aviões russos enviados a Portugal a pedido do Governo português contam com uma vasta experiência no combate aos incêndios, em particular na Grécia, Montenegro e Sérvia.

    Mais:

    Por que Portugal vai reforçar presença no Atlântico vigiando Ilhas Selvagens?
    Portugal: Bombeiros falam em 'onda terrorista organizada' como causa de incêndios
    Primeiro-ministro de Portugal agradece à Rússia pela ajuda no combate a incêndios
    Tags:
    meio ambiente, natureza, bombeiros, incêndio florestal, Be-200, Ministério para Situações de Emergência, Madeira, Portugal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik