15:54 22 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Foguetes Grad usados pelas tropas ucranianas em Donbass

    Ucrânia volta a fazer o mesmo: sistemas Grad fazem fogo contra Donbass

    © REUTERS / Alexei Chernyshev
    Europa
    URL curta
    25029
    Nos siga no

    Agentes das forças de segurança da Ucrânia usaram pela primeira vez em alguns meses sistemas de lançamento múltiplo de foguetes Grad durante um ataque contra o território da autoproclamada República Popular de Donetsk, disse aos jornalistas um representante do Ministério da Defesa da república.

    "Pela primeira vez em 4-5 meses, o inimigo usou o sistema de lançamento múltiplo de foguetes Grad. Contra a povoação de Staromaryevka foram lançados 40 foguetes. Também no ataque participou uma peça de artilharia de 152 mm", declarou.

    Antes, o chefe do comando operacional da República Popular de Donetsk, Eduard Basurin, disse que as forças ucranianas deslocaram para Donbass mais de 60 unidades de equipamento militar pesado, inclusive sistemas de foguetes Grad que, na sua opinião, poderão ser usados para realizar mais provocações.

    Em abril de 2014, Kiev lançou uma operação militar nas províncias de Donetsk e Lugansk para reprimir os focos de contestação ao golpe de Estado ocorrido na Ucrânia em fevereiro daquele ano.

    Atualmente, está em vigor um regime de cessar-fogo, mas tanto Kiev, quanto as autoproclamadas repúblicas de Donetsk e Lugansk, relatam constantes violações da trégua.

    Segundo os dados da ONU, o conflito no leste da Ucrânia já causou a morte de mais de 9.500 pessoas e provocou mais de 22 mil feridos.

    Mais:

    Hollande, Merkel e Poroshenko: a solução para crise em Donbass deve ser política
    Líder do Cazaquistão diz para Putin que Poroshenko está pronto para acordos sobre Donbass
    Kiev aumenta espionagem aérea sobre Donbass
    Orlando Bloom grava apelo às crianças de Donbass
    Combates poderão recomeçar na região de Donbass
    Tags:
    ataque, armas, foguetes, Grad, República Popular de Donetsk, Donbass, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar