20:03 22 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Avião Be-200 (foto de arquivo)

    Aviões russos apagam focos de incêndio em Portugal

    © Sputnik / Roman Denisov
    Europa
    URL curta
    1171

    Os pilotos da Rússia puseram fim nas chamas em dois focos de incêndio florestal em Portugal, informou na terça-feira (16) a assessoria de imprensa do Ministério russo.

    No sábado (13), Rússia enviou dois aviões anfíbios Be-200 a Portugal para ajudar a combater aos incêndios florestais que sacudiram o país no início da semana passada.

    "Com ajuda de avião Be-200, que trabalhou sem parar no dia 15 de agosto, foram totalmente liquidados dois focos de incêndio em área de 500 hectares", disse interlocutor da agência RIA Novosti.

    Graças ao trabalho dos pilotos, foi contida a propagação de fogo nos povoados de Castro Laboreiro e Viade de Baixo.

    Anteriormente, equipes do Ministério para Situações da Emergência conseguiram parar a expansão do fogo no parque nacional português Peneda-Gerês.

    "Um dos Be-200 realizou seis lançamentos de água, totalizando 72 toneladas, e isto ajudou a impedir a propagação do fogo no parque natural de Peneda-Gerês no norte do país", informa assessoria do Ministério russo.

    Os pilotos conseguiram apagar o fogo em uma área de 200 hectares.

    Avião russo do Ministério russo para Situações de Emergência Be-200 durante treinamentos
    © Sputnik / Ministério russo para Situações de Emergência
    A ajuda a Portugal no combate a incêndios é realizada por determinação do governo da Rússia e em conformidade com o pedido do lado português.

    Neste momento, em Portugal, dezenas de incêndios estão ativos. O maior deles ocorreu na ilha da Madeira, na cidade de Funchal.

    Nas zonas de emergência, foi realizada a evacuação de moradores e turistas. Muitos foram encaminhados a hospitais. Nos incêndios, já morreram três pessoas e uma está desaparecida. O fogo destruiu cerca de 30 edifícios, incluindo três hotéis.

    Mais:

    Aviões russos iniciam combate a fogos em Portugal
    Portugal: Bombeiros falam em 'onda terrorista organizada' como causa de incêndios
    Portugal em chamas: Fogo atinge centro de Funchal na Madeira, moradores fogem para a costa
    Tags:
    incêndios florestais, meio ambiente, natureza, Be-200, Ilha da Madeira, Portugal, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar