17:10 20 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Veneza, Itália, Praça de São Marcos

    'Migrantes' do Daesh podem vir para Itália

    © East News / Manuel Silvestri/Polaris
    Europa
    URL curta
    122

    Depois da liberação da cidade de Sirte, os militantes do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia) podem se dirigir para as costas da Itália se fazendo passar por migrantes.

    Segundo a opinião de Giacomo Stucchi, chefe do Comitê para Questões da Segurança da República do parlamento italiano, depois da liberação de Sirte a situação do Estado Islâmico mudou significativamente. Agora há a ameaça de fuga dos terroristas para a Europa, para isso eles poderão usar o mar Mediterrâneo.

    "Agora o Daesh sofre um verdadeiro caos, e os terroristas que não se dirigiram para sul podem ir para a Europa por via marítima", pensa Stucchi.

    Flores e velas no local de um atentado em Paris
    © REUTERS / Vincent Kessler
    O político assinalou que os motivos dos militantes que fujam para a Europa podem ser diferentes: para limpar o rastro e rasgar ligações com o Daesh, ou para continuar sua atividade terrorista.

    Há poucos dias, os militantes do Daesh líbios publicaram em uma rede social as imagens da sua mensagem – foi escrito que "Sirte é um porto de mar do Daesh e ao mesmo tempo um ponto de partida para Roma". Esta inscrição num dos muros de Sirte confirma a teoria de Giacomo Stucchi.

    O político italiano acrescentou que na mira do Daesh está não apenas Roma, mas todo o Ocidente, todas as cidades dos "infiéis".

    Mais:

    Senadora que apoia Clinton considera Putin e Trump 'os criadores' do Daesh
    6 bombardeiros russos atacam Daesh perto de Deir ez-Zor
    Daesh liberta dois mil civis utilizados como escudos humanos
    Tags:
    ameaça, terrorismo, Daesh, Europa, Roma, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik