18:35 17 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    O Poderoso Chefão

    Itália usa experiência de luta contra máfia na luta contra o terrorismo

    © flickr.com/ Matt C
    Europa
    URL curta
    126610

    A Europa recentemente sofreu uma série de ataques terroristas. Como realizar a troca de informações entre os serviços secretos? Será que a experiência da Itália na luta contra a máfia poderia ser utilizada no combate ao terrorismo?

    O diretor geral do Instituto Superior de Administração e Gestão, Daniele Scalea, comenta situação à Sputnik Itália:

    ***

    Atualmente, existem várias instituições, formais e informais, que de várias formas auxiliam os serviços secretos europeus como INTCEN (Centro de Inteligência e de Situação da União Europeia), Europol (Serviço Europeu de Polícia), o grupo de antiterror de Clube de Berna e a Coordenação Antiterror da UE.

    O problema é que muitos países não apoiam a ideia de troca de informações. As leis atuais põem limites na divulgação de dados, entre os países, na luta contra o terrorismo. Durante anos, o acesso às informações sobre imigrantes foi impedido por europeus de esquerda, que buscavam oferecer mais privacidade aos imigrantes.

    O acesso às bases de dados como EURODAC e SIS II (base do espaço de Schengen) é somente oferecido para alguns serviços secretos e não por completo. Com a liberação do acesso, será possível acabar com o fluxo de imigrantes ilegais nos países da Europa.

    <…> O acesso às bases pode ajudar a impedir a entrada de terroristas, entre os imigrantes sírios, que utilizam entradas ilegais para chegar à Europa Ocidental. Precisamos de uma lei que obrigue os imigrantes de passarem pelo controle de impressões digitais.

    O promotor geral da Itália, Franco Roberti, julga que a estrutura do grupo Daesh (grupo proibido na Rússia) é semelhante ao crime organizado. Sendo assim, a Itália pode prestar ajuda aos serviços secretos europeus contra os criminosos jihadista.

    Mais:

    Cinco métodos russos de combater o terrorismo doméstico que a Europa poderia aprender
    Força Aeroespacial russa 'quebra a espinha' do terrorismo mundial na Síria
    Jogos, pré-sal, terrorismo, BRICS: O que pensam os manifestantes do ato "Fora Temer'
    Tags:
    migrantes, máfia, terrorismo, Europol, União Europeia, Oriente Médio, Itália
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik