20:10 23 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Esportes
    URL curta
    331
    Nos siga no

    Nesta segunda-feira (6), a Federação Internacional de Futebol (FIFA) se referiu à suspensão da partida entre o Brasil e Argentina no domingo (5) no âmbito da qualificação para a Copa do Mundo de 2022 no Catar.

    O jogo na Neo Química Arena, em São Paulo, foi interrompido porque quatro jogadores argentinos que recentemente viajaram ao Reino Unido não cumpriram as medidas de quarentena exigidas.

    "A FIFA lamenta as cenas que precederam a suspenção da partida entre o Brasil e Argentina nas eliminatórias da CONMEBOL para a Copa do Mundo da FIFA 2022, e impediram que milhões de torcedores desfrutassem de um jogo entre as duas nações futebolísticas mais importantes do mundo", segundo a declaração da federação no Twitter.

    Foi revelado que os relatórios oficiais preliminares foram enviados à FIFA e serão analisados pelos órgãos competentes. "A decisão será tomada oportunamente."

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interrompeu o jogo entre a Seleção Nacional da Argentina e a Seleção Nacional Brasileira porque quatro jogadores argentinos (Emiliano Martínez, Cristian Romero, Giovani Lo Celso e Emiliano Buendía) furaram a quarentena imposta pelo governo brasileiro por causa da pandemia da COVID-19.

    Mais:

    COVID-19: Anvisa suspende uso de mais de 12 milhões de doses da vacina CoronaVac
    Agência da UE estuda caso de inflamação rara em adolescente após vacinação contra SARS-CoV-2
    Biólogos australianos registram evolução acelerada do coronavírus
    Kim Jong-un rejeita oferta do COVAX e diz que Coreia do Norte combate pandemia 'de seu jeito'
    Tags:
    futebol, FIFA, Brasil, Argentina, COVID-19, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar