20:05 16 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Esportes
    URL curta
    0 83
    Nos siga no

    Lionel Messi, jogador de futebol da Argentina, que atuava pelo FC Barcelona desde 2000, assinou contrato de dois anos com PSG, com a opção de mais um, segundo declaração do clube francês.

    Lionel Messi, jogador de futebol da Argentina, se juntou ao Paris Saint-Germain, segundo um comunicado do portal do clube francês.

    O argentino, de 34 anos, assinou um contrato de dois anos, com opção de jogar um ano adicional.

    "Estou entusiasmado por começar um novo capítulo da minha carreira no Paris Saint-Germain. Tudo sobre o clube corresponde às minhas ambições futebolísticas. Sei o talento do time e da equipe técnica aqui. Estou determinado a ajudar a construir algo especial para o clube e os torcedores, e estou ansioso para entrar em campo no Parque dos Príncipes", o campo de futebol do clube, comentou o jogador argentino.

    Nasser Al-Khelaifi, presidente e CEO do Paris Saint-Germain, também expressou seu agrado com a contratação de quem é considerado por muitos o melhor jogador de futebol do mundo.

    "Estou encantado que Lionel Messi tenha escolhido juntar-se ao Paris Saint-Germain e estamos orgulhosos em receber ele e sua família em Paris", disse.

    "Ele não fez segredo de seu desejo de continuar competindo no mais alto nível e ganhando troféus, e naturalmente nossa ambição como clube é fazer o mesmo. A inclusão do Leo em nosso time de classe mundial continua uma janela de transferência muito estratégica e bem-sucedida para o clube. Liderado por nosso excelente treinador, estou ansioso para que o time faça história junto com nossos fãs em todo o mundo."

    Na quinta-feira (5) Messi e FC Barcelona revelaram ter rescindido o contrato, permitindo ao jogador da Argentina assinar com outro clube, após cerca de duas décadas de permanência no clube espanhol.

    Messi foi para o FC Barcelona, na Espanha, em 2000. Após ascender nas equipes juniores, fez sua estreia no clube principal em 2004, conseguindo, entre muitas outras, vitórias em dez Ligas Espanholas, quatro Ligas dos Campeões europeias, e uma Copa América, além de quebrar inúmeros recordes individuais e coletivos, incluindo a vitória em seis edições do Ballon d'Or para o melhor jogador.

    Mais:

    Messi com taça, Brasil decepcionado e fogos de artifício: como foi a 'final dos sonhos' no Maracanã
    Copa América 2020 é adiada para 2021 devido ao coronavírus
    Argentina vence Chile e fica em 3°
    Tags:
    Lionel Messi, FC Barcelona, Barcelona, Espanha, França, Paris, Paris Saint-Germain, PSG
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar