12:44 06 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Esportes
    URL curta
    5152
    Nos siga no

    O atacante malinês Moussa Marega, do Porto, abandonou partida do Campeonato Português, neste domingo (16), após ser vítima de ofensas racistas.

    Moussa Marega marcou o segundo gol da sua equipe na vitória por 2 a 1 sobre o Vitória de Guimarães, na casa do adversário.

    Ao comemorar o gol, Marega correu em direção à arquibancada apontando para o seu braço, e torcedores do time adversário responderam com insultos e até atiraram objetos no gramado.

    Marega deixou o Vitória dos Guimarães e Porto farto dos insultos racistas que se multiplicaram após marcar o 1x2. Eles até jogaram uma lata de lixo!​

    Dez minutos depois, Marega decidiu deixar o campo, mostrando o dedo do meio para torcedores.

    "Gostaria apenas de dizer a esses idiotas que vêm ao estádio fazer gritos racistas [...] vão se f****. E também agradeço aos árbitros por não me defenderem e por terem me dado um cartão amarelo porque defendo a minha cor da pele. Espero nunca mais encontrá-lo em um campo de futebol! Você é uma vergonha!", publicou Marega em suas redes sociais após a partida.

    Moussa Marega é ex-jogador do Vitória de Guimarães, equipe em que atuou na temporada 2016-2017, emprestado pelo Porto.

    Mais:

    STJ libera nomeação de jornalista que disse que escravidão 'foi benéfica para descendentes'
    Dia Internacional contra Discriminação Racial: racismo no Brasil está longe de acabar
    Brancos precisam participar do debate sobre racismo no Brasil, diz especialista
    Após quebrar quadro em exposição na Câmara, deputado pede fim do racismo
    Ao ler Constituição em live, Bolsonaro cita 'terrorismo', mas omite palavra 'racismo'
    Tags:
    FC Porto, futebol, racismo, Portugal
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar