13:38 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Piloto da Ferrari Kimi Raikkonen participa de treino livre para o Grande Prêmio da Rússia de Fórmula 1, Sochi, Rússia, 28 de setembro de 2018

    Bolsonaro afirma que Rio de Janeiro receberá Fórmula 1 em 2020

    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Esportes
    URL curta
    232
    Nos siga no

    O presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou nesta quarta-feira (8) que o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontecerá no Rio de Janeiro em 2020.

    Ele assinou um termo de cooperação com o governo do estado e a prefeitura da capital para as obras do Autódromo de Deodoro, que deverá ter capacidade para receber um público de 130 mil pessoas.

    A mudança encerrará um ciclo de 30 anos seguidos em que o Grande Prêmio do Brasil ocorre no Autódromo José Carlos Pace, em São Paulo, popularmente conhecido como Autódromo de Interlagos.

    "São Paulo, como havia participação pública e uma dívida enorme, tornou-se inviável a permanência da Fórmula 1 lá. Então, vieram para o Rio de Janeiro e a construção será concluída em 6 ou 7 meses após o início das obras", disse Bolsonaro.

    O presidente afirmou ainda que não serão destinados recursos públicos para as obras. A estimativa, segundo o prefeito Marcelo Crivella, é de que as obras comecem em menos de dois meses. "Estamos lançando o edital. As empresa terão a oportunidade de apresentar suas propostas. Em 45 dias, vamos abrir os envelopes e a vencedora poderá começar as obras".

    O Grande Prêmio do Brasil acontece anualmente de forma ininterrupta desde 1972. Interlagos chegará a sua 38ª edição em 17 de novembro deste ano. As outras dez ocorreram no Autódromo Internacional Nelson Piquet, no Rio de Janeiro.

    Tags:
    Fórmula 1, Jair Bolsonaro, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar