08:22 19 Abril 2018
Ouvir Rádio
    Jogadores brasileiros comemoram vitória sobre a equipe de futebol da Rússia após amistoso em Moscou

    Brasil leva a melhor sobre a Rússia em amistoso em Moscou

    © Sputnik / Ramil Sitdikov
    Esportes
    URL curta
    3112

    A Seleção Brasileira de futebol não teve dificuldade para derrotar a Rússia em partida amistosa realizada nesta sexta-feira em Moscou. Confirmando o favoritismo, mas sem brilhantismo, a equipe do técnico Tite venceu o jogo por 3 a 0, sem dar chances para o adversário.

    Os gols, todos no segundo tempo, foram marcados por Miranda, Philippe Coutinho e Paulinho, aos 7, 17 e 20 minutos. 

    A partida, disputada no estádio de Luzhniki, serviu principalmente para os dois treinadores fazerem experiências. Enquanto Tite testou as possibilidades do time sem a presença do seu principal jogador, o craque Neymar, Stanislav Cherchesov teve que trabalhar duro para suprir a ausência do atacante Aleksandr Kokorin, que, ao contrário de Neymar, não irá se recuperar da lesão que sofreu a tempo de disputar o Mundial. 

    Do lado brasileiro, a entrada de Douglas Costa, na ponta esquerda, funcionou muito bem. Com muita velocidade e disposição, o meia da Juventus foi um dos principais nomes do Brasil em campo. Já na Rússia, a escalação do jovem meio-campista Aleksandr Golovin no ataque, ao lado de Fyodor Smolov, não surtiu o efeito desejado. A promessa do CSKA até procurou bastante o jogo, mas atuando fora da posição planejada. Com muitos erros de passe e chegadas esporádicas ao ataque, a Rússia passou a maior parte do tempo correndo atrás do Brasil, que acabou encontrando o caminho dos gols naturalmente.

    Brasil e Rússia voltam a campo na próxima semana, no dia 27, para enfrentar, respectivamente, a Alemanha, em Berlim, e a França, em São Petersburgo, dois dos principais favoritos ao título da Copa do Mundo. Enquanto o Brasil terá a chance, quase quatro anos após o trágico 7 a 1, de medir forças com o atual líder do ranking da FIFA e campeão da Copa das Confederações do ano passado, a Rússia terá a missão de parar um dos times mais ofensivos da atualidade, vice-campeão da última Eurocopa. 

    Em 14 de junho, os russos fazem o jogo de abertura do Mundial Fifa, no Luzhniki, diante da Arábia Saudita, enquanto os brasileiros estreiam no dia 17 contra a Suíça, na Rostov Arena.

    Mais:

    Boris Johnson: Putin usará Copa como Hitler usou Olimpíadas para promover sua imagem
    Temer pode ir à Copa do Mundo da Rússia se Brasil for à final, diz embaixador
    Hulk diz não estar decepcionado com sua falta na Copa 2018 e prognostica vencedor
    Tags:
    futebol, Copa do Mundo, Rostov-no-Don, São Petersburgo, Moscou, Berlim, França, Alemanha, Rússia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik