03:21 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Um técnico de laboratório mostra um exemplo de teste para o doping no Laboratório de Controle de Doping

    Opinião: está ocorrendo uma campanha bem planejada contra esporte russo

    © AP Photo / Felipe Dana
    Esportes
    URL curta
    101
    Nos siga no

    A WADA não pretende restabelecer os direitos da RUSADA, afirmou o jornalista alemão Hajo Seppelt. O presidente da Federação dos Jornalistas Esportivos da Rússia, Nikolai Dolgopolov, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, opinou que esta declaração não surgiu por acaso.

    A Agência Mundial Antidoping (WADA) não restabelecerá os direitos da Agência Russa Antidoping (RUSADA) na reunião do conselho de fundadores da organização, afirmou o jornalista Hajo Seppelt ao canal ARD.

    Seppelt assinalou que tal decisão pode fazer com que a seleção russa seja afastada dos Jogos Olímpicos em 2018, que terão lugar na Coreia do Sul. De acordo com ele, a "Rússia não cumpriu as exigências da agência: não reconheceu a interferência por parte do governo em seu programa antidoping e não assegurou o acesso às amostras fechadas".

    Em novembro de 2015, a WADA acusou a Rússia de violações múltiplas das regras antidoping. A agência declarou também que a RUSADA não corresponde ao código antidoping. A questão sobre o restabelecimento dos direitos da RUSADA será estudada em 16 de novembro.

    As autoridades russas afirmaram repetidamente que no país não existe um programa de apoio estatal ao uso de doping no esporte.

    A decisão final sobre a participação da Rússia dos Jogos Olímpicos de 2018 deve ser tomada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) no início de dezembro.

    O presidente da Federação dos Jornalistas Esportivos da Rússia, Nikolai Dolgopolov, em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik opinou que se trata de uma campanha política contra o esporte russo.

    "Este é uma encomenda política e ideológica, que, em minha opinião, Hajo Seppelt está cumprindo muito bem. Sua declaração não surgiu por acaso, já que em 16 de novembro, em Seul, terá lugar a reunião da WADA. A WADA desempenha um papel importante quanto à preparação de dados para as duas comissões do COI. E já de 5 a 7 de dezembro, em Lausana, o COI deve tomar a decisão final sobre a forma de participação da Rússia dos Jogos Olímpicos. E estes vazamentos  que Hajo Seppelt faz têm um impacto forte sobre estas organizações internacionais […] É uma pressão sobre os integrantes da WADA e COI. Está ocorrendo uma campanha bem organizada, ela não é esportiva, mas, sim, política, para difamar o esporte russo", acredita Dolgopolov. 

    Mais:

    Guerra na Coreia poderá começar depois dos Jogos Olímpicos?
    Vale a pena marcar presença nos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul?
    Mídia: crise em torno da Coreia do Norte ameaça segurança dos Jogos Olímpicos 2018
    Tags:
    doping, Comitê Olímpico Internacional, RUSADA, WADA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar