19:26 15 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Centro Antidoping: colheita de amostras de sangue para análise

    COI: WADA não tem bastantes provas contra atletas russos

    © Sputnik / Valeriy Melnikov
    Esportes
    URL curta
    815
    Nos siga no

    A agência Mundial Antidoping (WADA) admitiu que o relatório da comissão independente da organização sob a chefia de Richard McLaren não tem bastante provas sobre violações por atletas russos das regras antidopagem.

    A respectiva informação foi divulgada por uma carta aberta do diretor-geral do Comitê Olímpico Internacional (COI) Christophe De Kepper. A carta foi publicada no site oficial da organização.

    Ainda de acordo com o documento, a WADA não está satisfeita com as traduções usadas no relatório e, por isso, a agência exigiu transcrições mais detalhadas.

    McLaren apresentou a segunda parte do relatório da comissão sob a sua chefia em dezembro de 2016. O documento destaca que as amostras de testes antidoping de atletas russos feitas na véspera das Olimpíadas em Sochi em 2014 teriam sido manipuladas.

    Como resultado do documento, o COI abriu processos disciplinares em relação a 28 esportistas, inclusive vencedores de ouro de Sochi, além de outros atletas russos, participantes das Olimpíadas em Londres (2012) e Vancouver (2010).

    Mais:

    Agências antidoping de 19 países querem Rússia fora de todas as competições internacionais
    Tags:
    Olimpíadas, relatório, investigação científica, WADA, Comité Olímpico Internacional (COI), Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar