17:04 23 Setembro 2017
Ouvir Rádio
    O grupo de hackers Fancy Bears publica mais um lote de vazamentos sobre a WADA

    Grupo de hackers revela uso de cocaína pelos atletas dos EUA antes dos Jogos 2016

    © Sputnik/ Konstantin Chalabov
    Esportes
    URL curta
    172006300

    Dois atletas norte-americanos usaram cocaína antes de participar dos Jogos do Rio neste ano, diz o jornal The Guardian, referindo-se às informações divulgadas pelo grupo de hackers Fancy Bears.

    A informação foi revelada pelos hackers que analisaram a correspondência entre os representantes da Agência Mundial Antidoping (WADA, sigla em inglês) e Agência Antidoping dos EUA (USADA).   

    Nas cartas examinadas há provas de que ao menos dois atletas olímpicos norte-americanos usaram cocaína antes da Olimpíada para perda de peso e, aparentemente, tal acontecimento era de conhecimento do técnico dos atletas.

    Além disso, na correspondência são mencionados “renomados atletas norte-americanos” com resultados de análises de sangue anormais e um atleta dos EUA que alegadamente teria sido sujeito à transfusão de sangue antes da corrida.

    Nas cartas, acessadas pelo Fancy Bears, também há dados pessoais do presidente da WADA, Craig Reedie, inclusive o número de celular.

    Em setembro, o mesmo grupo de hackers atacou o sistema da WADA e publicou documentos que revelaram o uso sistemático de doping pelos atletas norte-americanos, inclusive a tenista Serena Williams e a ginasta Simone Biles.

    Mais:

    Sharapova tem pena por doping reduzida
    Interpol se junta à WADA em novo projeto de combate ao doping
    Autoridades dos EUA apreendem quase duas toneladas de cocaína em Porto Rico
    Tags:
    Olimpíadas, drogas, cocaína, doping, Rio 2016, USADA, WADA, Fancy Bear, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik