18:30 19 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Dunga convoca seleção para amistosos contra a França e o Chile

    Qual dos treinadores recebe a maior grana na Copa América?

    Carlos Moraes / Agência O Dia / Estadão Conteúdo
    Esportes
    URL curta
    101

    A Copa América Centenário está chegando ao fim. Apenas quatro equipes seguem na competição. Enquanto se esclarece quem é o campeão, o portal Football Finance divulgou uma lista com os salários de todos os treinadores do torneio. Então quem é o treinador mais bem pago?

    Dunga, o ex-treinador da seleção nacional brasileira, lidera a lista com uma remuneração de 225 mil euros por mês (cerca de 880 mil reais), somando um total de 2,7 milhões de euros (mais de 10 milhões de reais). Ironicamente, esta foi a pior atuação do país sul-americano na Copa América desde 1987, o que levou à demissão de Dunga após a eliminação na primeira fase.

    ​O segundo lugar da lista é ocupado por Jurgen Klinsmann, o treinador de um dos quatro semifinalistas — os EUA. O ex-jogador alemão recebe mais de 2,3 milhões de euros (9 milhões de reais) por ano.

    Depois seguem Ramón Díaz, do Paraguai, e Gerardo 'Tata' Martino, da Argentina, com um rendimento mensal de 150 mil euros (583 mil reais). Enquanto o salário de Martino é justificável, pois a albiceleste tem realizado uma notável campanha até agora na competição, Díaz não conseguiu alcançar nem uma única vitória com a seleção paraguaia. Da mesma forma que Dunga, o treinador do Paraguai deixou o comando da seleção nacional depois de sua eliminação.

    O último lugar pertence ao técnico da Costa Rica, Óscar Ramírez, com um salário mais modesto ele ganha por ano 'apenas' 200 mil euros, (cerca de 777 mil reais), menos do que obtinha Dunga por mês.

    Mais:

    Corinthians confirma Tite na Seleção Brasileira
    Conheça a seleção russa de futebol para a Eurocopa 2016
    Companheiros relatam racismo a jogador da seleção brasileira
    Tags:
    salário, treinadores, esporte, copa, futebol, Copa América Centenário
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik