05:50 19 Abril 2019
Ouvir Rádio
    Joaquim Rodríguez, ciclista espanhol da equipe russa Katiusha

    Ciclista espanhol tatua matrioskas em homenagem à Rússia

    © Sputnik / Konstantín Chalábov
    Esportes
    URL curta
    241

    O braço direito do ciclista espanhol Joaquim Rodríguez, da equipe espanhola Katiusha, tem agora duas matrioskas.

    O atleta de 37 anos afirmou à imprensa russa que ele mesmo imaginou o desenho das duas peças - uma de pé e a outra encostada.

    “A matrioska que está de pé significa o símbolo da equipe russa, sua alma… A matrioska pequena que está triste e chora reflete minha derrota no Campeonato Mundial de Florença, em 2013, quando fui o segundo colocado”, explicou o cilclista.

    Joaquim Rodríguez mantém a esperança de mais vitórias no futuro, inclusive nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, e que a quantidade de peças tatuadas aumente.

    .

    Tags:
    homenagem, tatuagem, ciclismo, esporte, Katiusha, Joaquim Rodríguez, Rússia, Espanha
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar