23:48 16 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Reunião interministerial debate preparativos para os Jogos Rio 2016.
    José Cruz/Agência Brasil

    Temer reúne ministros e diz que virá ao Rio para assegurar ao COI a organização dos Jogos

    Esportes
    URL curta
    213
    Nos siga no

    O Presidente em exercício Michel Temer se reuniu nesta terça-feira (7) com dez ministros, no Palácio do Planalto para avaliar e tratar de assuntos relativos à organização dos Jogos Rio 2016, que terão início em 59 dias. De acordo com os ministros, o encontro representou um ajuste fino para a realização do evento.

    Na reunião Temer falou sobre a necessidade de todos os setores do governo estarem organizados durante os Jogos e anunciou que no dia 15 de junho virá ao Rio de Janeiro para um encontro com o Presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI)  Thomas Bach, com o objetivo de acabar com a falta de crença que há no momento no país, além de dar uma injeção de ânimo e de segurança institucional em relação aos preparativos para os Jogos. Segundo Temer, o sucesso das Olimpíadas será o sucesso do Brasil.

    “As Olimpíadas hoje significam muito para o país, especialmente em um momento que há uma certa falta de crença no país, é importante que nós tenhamos Olimpíadas muito regulares com todos os setores muito bem organizados. Nós faremos uma visita em primeiro lugar ao Centro Olímpico, depois tenho esse encontro com o Presidente do COI, até para dar uma injeção de ânimo, porque de vem em quando há uma ou outra afirmação relativa a eventual doença, a Zika, ou então uma insegurança. Nós temos que dar uma injeção de segurança institucional, para que ele possa entender, e transmitir estas informações a todos aqueles com quem ele se manifeste. Acho que será um grande momento, em que nós podemos prestigiar o fenômeno das Olimpíadas.”

    Em coletiva à imprensa, o ministro da Casa Civil Eliseu Padilha falou sobre a participação do presidente interino Michel Temer no encontro para destacar a importância da realização dos jogos pelo Brasil, com ênfase no aumento do potencial turístico do país e o legado de construções que ficará para a população.  Padilha garantiu que não há riscos em relação ao sucesso dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos.

    “Foi colocar para toda a equipe a grande esperança que o mundo tem em relação este evento, que será visto por entre 5 e 6 bilhões de pessoas no mundo, e que é uma oportunidade ímpar para o Brasil mostrar suas belezas, como é o Brasil, como são os brasileiros, como nós recebemos, que ficou muito bem marcado na Copa do Mundo. Como vive o brasileiro dentro do Brasil, que entusiasma turistas a conhecer o nosso país. Tem um duplo efeito. Nós vamos ter uma herança que é material. Todas essas instalações que estão sendo construídas para os Jogos Olímpicos serão utilizadas pela população depois, mas seguramente, nós vamos aumentar em muito  o nosso potencial turístico. Nós temos certeza que este evento vai nos dar a franquia internacional.”

    O secretário-executivo do Ministério do Esporte, Fernando Avelino também participou da coletiva e ressaltou que o governo está acompanhando de perto todo o processo de preparação para os Jogos, garantindo que não há atrasos no cronograma previsto. 

    Tags:
    Rio 2016, Jogos Olímpicos, governo brasileiro, Comité Olímpico Internacional (COI), Brasil, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar