04:57 21 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Esportes
    URL curta
    0 11
    Nos siga no

    A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do Rio de Janeiro, vinculada ao Ministério de Trabalho e Emprego (MTE), embargou uma obra e interditou outras quatro na Vila Olímpica, no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira, segundo informou a Agência Brasil.

    A ação aconteceu na manhã desta segunda, após a Operação Aquecimento, que tem como objetivo vistoriar e constatar possíveis irregularidades em obras para os Jogos Olímpicos Rio 2016. 

    Segundo o superintendente regional do Trabalho, Robson Leite, o número de mortos nas obras tem assustado e preocupado a todos. 

    “A [operação] ocorreu por conta do crescente número de mortos. Até o momento, 11 pessoas perderam a vida nessas obras, o que é assustador. Para efeito de comparação, na Copa do Mundo tivemos oito óbitos, incluindo obras de trânsito, como o BRT, viadutos etc. Para as Olimpíadas, já temos esse número, que é apenas uma parcial e que se refere às obras ligadas às estruturas olímpicas, que agrava ainda mais essa marca.”

    Leite citou como irregularidades “ausência de Equipamento de Proteção Individual (EPI), funcionários em condições de extremo perigo e sem vínculo empregatício, sem mencionar uma escavação que havia sido interditada na quinta-feira (5) e que, dias depois, após retornarmos, havia sido descumprida. Isso é um absurdo. Mostra que os responsáveis pela obra estão agindo com descaso.” 

    A prefeitura, por meio de nota da Fundação Instituto de Geotécnica (GEO —Rio), informou que fiscaliza a execução das áreas comuns da Vila dos Atletas, a cargo da empresa Erwil, e que já orientou a construtora para acatar imediatamente as providências de segurança solicitadas pelo Ministério do Trabalho.

    Mais:

    Nadador sírio representa refugiados de guerra em revezamento da tocha Rio 2016 na Grécia
    Senadores propõem eleição em 2016 para mandato-tampão
    Região Ásia-Pacífico receberá BrahMos até final de 2016
    Tags:
    embargo, esporte, obras, Jogos Olímpicos, Prefeitura do Rio de Janeiro, Comitê Rio 2016, Brasil, Rio de Janeiro
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar