10:46 24 Maio 2018
Ouvir Rádio
    Com a conquista desta segunda-feira, Messi chegou à sua quinta Bola de Ouro, aumentando a vantagem sobre os rivais

    Messi conquista a Bola de Ouro da Fifa pela quinta vez

    © AFP 2018 / FABRICE COFFRINI
    Esportes
    URL curta
    481

    Lionel Messi venceu pela quinta vez a Bola de Ouro da Fifa, que premia o melhor jogador de futebol da temporada. Na cerimônia de premiação, realizada nesta segunda-feira, na Suíça, o argentino confirmou o seu favoritismo com 41,33% dos votos, derrotando o português Cristiano Ronaldo (27,76%) e o brasileiro Neymar (7,86%).

    Com mais essa vitória, o craque do Barcelona, que já havia levantado o mesmo troféu em 2009, 2010, 2011 e 2012, aumentou ainda mais a sua vantagem em relação aos adversários: depois dele, os maiores vencedores do prêmio de melhor jogador do mundo são Cristiano Ronaldo, Zidane e Ronaldo, com três conquistas cada. 

    Entre as mulheres, a americana Carli Lloyd superou a japonesa Aya Miyama e a alemã Celia Sasic, sendo escolhida a melhor jogadora de 2015, com 35.28%. 

    Embora o principal jogador brasileiro em atividade não tenha conseguido desbancar os seus rivais, o Brasil não deixou de ter motivos para comemorar. Concorrendo com o próprio Messi e com Alessandro Florenzi, da Roma, Wendell Lira foi o grande vencedor do prêmio Puskás (gol mais bonito), pelo belo gol marcado pelo modesto Goianésia, contra o Atlético-GO, em março passado, no Campeonato Goiano.

    Campeão do Campeonato Espanhol, Copa do Rei, Champions League e Mundial Interclubes, o Barcelona também viu o seu treinador, Luis Enrique, derrotar Pep Guardiola, do Bayern de Munique, e Jorge Sampaoli, da seleção chilena, na disputa pelo prêmio de melhor técnico do futebol masculino na temporada, honraria que, na categoria feminina, ficou com Jill Ellis, responsável por levar a seleção dos EUA ao seu terceiro título mundial em 2015.

    Tags:
    futebol, Campeonato Goiano, Bola de Ouro, Atlético-GO, Barcelona, Bayern Munique, Roma, FIFA, Jill Ellis, Celia Sasic, Aya Miyama, Carli Lloyd, Wendell Lira, Alessandro Florenzi, Luiz Enrique, Jorge Sampaoli, Pep Guardiola, Ronaldo, Zidane, Cristiano Ronaldo, Lionel Messi, Neymar, Chile, Suíça, Portugal, Itália, Espanha, Alemanha, EUA, Japão, Argentina, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik