03:30 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    David Beckham, antigo jogador do Manchester United e da seleção inglesa

    David Beckham apoia Rússia como sede da Copa 2018

    © AFP 2017/ PAUL ELLIS
    Esportes
    URL curta
    0 48061

    O antigo craque inglês do Manchester United e Real Madrid manifestou-se em favor da Rússia e do Qatar sediarem as Copas do Mundo 2018 e 2022 respetivamente, apesar do atual escândalo de corrupção na FIFA.

    “Corrupção ou não, estes países foram escolhidos. É preciso apoiar esta decisão. É importante desenvolver o futebol em diferentes países”, disse Beckham.

    Quanto aos receios de que o Qatar não tenha tanto infraestrutura quanto o clima mais adequado para sediar tal evento, o ex-jogador manifestou o seguinte:

    “Tenho a certeza que o país irá lidar com os desafios climatéricos e construir uma boa infraestrutura. Tudo ficará em condições”.

    “Quanto ao escândalo na FIFA, ainda há muito trabalho a fazer e isto levará bastante tempo. Ainda é cedo para falar sobre o ponto de viragem. É doloroso olhar para o que acontece no futebol, como ele mudou a sua imagem”, sublinhou Beckham na entrevista para a Radio Times.

    Mais cedo nesta quinta-feira (3) a comitê de reformas da FIFA apresentou um pacote de medidas ao comitê executivo da organização, em Zurique. 

    As reformas visam fortalecer a direção e a gestão financeira das associações afiliadas no meio do escândalo de corrupção que envolve nove altos funcionários da FIFA. Em maio, eles foram detidos por corrupção na base de um mandado federal dos EUA.

    Tags:
    futebol, Copa do Mundo, FIFA, David Beckham, Zurique, Qatar, Inglaterra, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik