03:48 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Alexey Shved é um dos craques do basquete russo.

    FIBA flexibiliza punição e Rússia poderá disputar vaga na Olimpíada do Rio de Janeiro

    © Sputnik / Valeriy Melnikov
    Esportes
    URL curta
    0 01
    Nos siga no

    A seleção de basquete masculino da Rússia, bronze em Londres–2012, poderá voltar a brigar por uma medalha olímpica no Rio de Janeiro em 2016. A Federação Internacional de Basquete (FIBA) suspendeu a proibição das equipes do país de participar de qualquer competição e, assim, permitirá que o esquadrão russo tente uma vaga para os Jogos Olímpicos.

    No mês passado, a entidade havia tomado uma série de medidas punitivas contra a Rússia por conta de uma briga de dois grupos políticos pelo poder na Federação Russa de Basquete, cujas eleições acabaram na justiça comum. Entre as restrições, esta a proibição de disputar competições internacionais.

    Desta forma, a seleção masculina da Rússia não poderia jogar o Eurobasket, campeonato europeu da modalidade, que começa no dia 5 de setembro. A competição continental é classificatória para a Olimpíada. Outras medidas, porém, foram mantidas.

    O ministro dos Esportes da Rússia, Vitaly Mutko, prometeu dar um basta na disputa pela presidência da federação local e anunciou para breve novas eleições para a entidade. Ele afirmou que, posteriormente, pedirá à FIBA o fim das demais restrições.

    A seleção feminina da Rússia não conseguiu a classificação para a Rio–2016. A equipe ficou na sexta colocação na Eurobasket Women.

    Tags:
    medalha de bronze, classificação, presidência, eleições, suspensão, proibição, disputa, basquete, Eurobasket, Londres 2012, Rio 2016, Jogos Olímpicos, Olimpíada, Federação Russa de Basquete, Federação Internacional de Basquete, FIBA, Vitaly Mutko, Rio de Janeiro, Londres, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar