21:35 19 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Michel Platini.

    Copa do Mundo pode passar a ter 40 seleções, caso Platini seja eleito na FIFA

    © REUTERS/ Ruben Sprich
    Esportes
    URL curta
    0 21621

    Em busca de apoio para suceder Joseph Blatter na presidência da FIFA, Michel Platini poderá aumentar o número de participantes da Copa do Mundo. O mundial de futebol passaria a contar com 40 seleções, oito a mais do que acontece atualmente.

    A informação de que a proposta será incluída no programa de Platini, atual presidente da UEFA, na disputa das eleições de fevereiro de 2016 foi publicada pelo jornal espanhol AS. O periódico também anunciou que o candidato deseja divulgar suas propostas durante o sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa, no dia 27 de agosto.

    Platini também iria propor a implantação do cartão branco durante os jogos, o que puniria os atletas que desrespeitassem os árbitros e/ou os adversários com 10 minutos fora de campo. Ele deseja ainda que sejam permitidas mais duas substituições extras em caso de prorrogação e que fiquem proibidas todas as transações de atletas com menos de 18 anos.

    O aumento do número de participantes em uma competição gerida por uma entidade presidida por Michel Platini não é novidade. Depois que assumiu a UEFA, a Eurocopa passou a receber 24 participantes, ao contrário dos oito anteriores.

    As eleições na FIFA deverão contar com outros ex-jogadores na disputa, como o brasileiro Zico, o argentino Diego Maradona, o francês David Ginola e o português Luís Figo, além do vice-presidente da entidade e príncipe da Jordânia, Ali Bin al-Hussein; do presidente da Federação da Libéria, Musa Bility; e do controlador do grupo Hyundai, Chung Mong-joon.

    Tags:
    seleções, participantes, aumento, número, eleições, Copa do Mundo, AS, Federação da Libéria, Hyundai, UEFA, FIFA, Musa Bility, Chung Mong-joon, Diego Maradona, David Ginola, Zico, Michel Platini, Luís Figo, Joseph Blatter, Ali bin al-Hussein, Libéria, Coreia do Sul, Europa, Espanha, França, Jordânia, Argentina, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik