11:48 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Michel Platini.

    Michel Platini confirma candidatura à presidência da FIFA

    © REUTERS/ Ruben Sprich
    Esportes
    URL curta
    0 9713

    O presidente da UEFA, Michel Platini, anunciou oficialmente a sua candidatura à presidência da FIFA. O ex-jogador francês, apontado como o nome mais forte para ocupar o cargo, era dado como certo na disputa, mas ainda não havia divulgado sua entrada nas eleições que acontecerão em 26 de fevereiro de 2016.

    Platini entendia que enquanto Joseph Blatter estivesse no cargo não conseguiria ser eleito, porque o suíço usaria a maquina financeira da entidade para se manter no poder. Agora, o francês admitiu que este é o seu maior objetivo há anos e que, caso eleito, irá renovar o futebol mundial.

    “Quero trazer de volta a dignidade para a FIFA e recolocá-la onde ela merece. Estou num momento decisivo da minha vida e em eventos que estão moldando o futuro da FIFA”, frisou Platini em uma carta enviada às 209 federações filiadas à entidade pela internet.

    O agora candidato afirmou que tem o apoio de muitos dirigentes pelo mundo, não sendo portando apenas um representante da Europa. O dirigente garantiu que respeitará a diversidade do jogo em todo o planeta e que não agirá sozinho na direção do futebol internacional.

    Na disputa do cargo, Platini poderá precisar enfrentar nomes de destaque no esporte, na política e nos negócios, como o vice-presidente da FIFA e príncipe da Jordânia, Ali Bin al-Hussein; o presidente da Federação da Libéria, Musa Bility; o controlador do grupo Hyundai, Chung Mong-joon; e os ex-jogadores Zico, Figo, Diego Maradona e David Ginola.

    Tags:
    futebol, candidatura, eleições, UEFA, FIFA, David Ginola, Diego Maradona, Luis Figo, Zico, Chung Mong-joon, Musa Bility, Ali bin al-Hussein, Joseph Blatter, Michel Platini, Suíça, França, Jordânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik