16:46 21 Agosto 2017
Ouvir Rádio
    Jeróme Valcke, secretário-geral da FIFA, em São Petersburgo, na véspera do sorteio das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

    Jerôme Valcke não continuará na Secretaria-Geral da FIFA

    © Sputnik/ Alexei Danichev
    Esportes
    URL curta
    0 50 0 0

    O secretário-geral da FIFA, Jerôme Valcke, afirmou nesta sexta-feira (24), em São Petersburgo, que deixará a entidade assim que o presidente Joseph Blatter sair, o que deverá acontecer após a eleição de 26 de fevereiro de 2016. Ele negou, porém, que a decisão tenha qualquer relação com a crise na federação.

    “Quem se tornar o novo presidente da Fifa, deve ter um novo secretário-geral porque este é o relacionamento mais importante”, afirmou Valcke.

    O dirigente francês, que está no cargo há oito ano, disse que não é responsável qualquer irregularidade na FIFA. Ele ressaltou que obedece as ordens do Comitê Executivo da entidade. As investigações do FBI motivaram a convocação de uma nova eleição para a presidência da entidade, mesmo com o último pleito tendo acontecido em maio.

    Valcke também não quis revelar sobre o seu futuro, se limitando a pedir aos jornalistas um pouco de privacidade. O dirigente está em São Petersburgo para participar do sorteio que definirá os grupos das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

    Tags:
    eliminatórias, eleição, sorteio, saída, investigação, Copa do Mundo, FBI, FIFA, Joseph Blatter, São Petersburgo, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik