02:41 22 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    UEFA Euro 2016 qualifying. Austria vs. Russia

    Seleção russa anuncia a saída do técnico Fabio Capello

    © Sputnik/ Vladimir Pesnya
    Esportes
    URL curta
    0 20021

    A União Russa de Futebol (RFS, na sigla do país) anunciou, nesta terça-feira, a saída do técnico de sua seleção, o italiano Fabio Capello. A possibilidade de demissão já vinha sendo discutida nos últimos meses, dado o mau retrospecto recente do treinador à frente da equipe.

    Com isso, o país-sede da Copa do Mundo da FIFA de 2018 vai atrás de um novo técnico para comandar a equipe em casa. De acordo com comunicado divulgado pela RFS, o acordo com Capello "para encerrar seu contrato de trabalho aconteceu com consentimento mútuo".

    Capello deixa a Rússia após três anos no comando da seleção. O renomado treinador havia sido contratado com o objetivo de comandar o país no Mundial de 2018, mas a pressão se tornou insustentável depois que a equipe sequer passou da primeira fase na última Copa, no Brasil, em 2014.

    Outro fator que pesou para a saída de Capello foi o alto salário, de cerca de 7 milhões de euros (mais de R$ 24 milhões) por ano. O italiano não conseguiu fazer a seleção russa evoluir e venceu somente duas de suas últimas dez partidas oficiais, deixando a equipe em posição complicada nas Eliminatórias para a UEFA Euro 2016.

    A passagem pela Rússia foi uma das piores páginas na vitoriosa carreira de Fabio Capello. Aos 69 anos, o italiano marcou época no Milan e na Roma, além de ter comandado também o Real Madrid, em duas oportunidades, e a seleção inglesa, onde estava antes de assumir o time russo em 2012.

    Mais:

    Putin: Rússia conquistou o direito à Copa de 2018 em disputa honesta
    Russos acreditam que escândalo na FIFA visa tirar Copa do Mundo de 2018 do país
    Mídia: Alemanha ganhou organização da Copa 2006 em troca de fornecimento de armas
    Tags:
    técnico, demissão, esporte, futebol, Copa do Mundo, União Russa de Futebol, Fabio Capello, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik