01:47 19 Outubro 2017
Ouvir Rádio
    Jogadores russos comemoram um dos gols na vitória sobre o Paraguai na Copa do Mundo de Beach Soccer.

    Rússia começa luta pelo tri no mundial de beach soccer com vitória sobre o Paraguai

    Divulgação / FIFA
    Esportes
    URL curta
    0 8901

    A Rússia começou com vitória a luta pelo tricampeonato mundial de beach soccer. A seleção russa superou o Paraguai por 7 a 5, nesta sexta-feira (10), em partida válida pelo Grupo D da competição que está sendo disputada em Portugal.

    Principal adversário da Rússia, o Brasil estreia às 13h30 contra o México na disputa do Grupo C. A seleção brasileira tenta retomar a hegemonia da competição. A equipe verde e amarela conquistou a Copa do Mundo de Beach Soccer em quatro oportunidades na era FIFA, mas viu a Rússia se sagrar campeã nas duas últimas edições.

    A outra equipe apontada pelos especialistas como forte candidata ao título, Portugal, venceu sua primeira partida na competição. A seleção dona da casa bateu o Japão por 4 a 2, na quinta-feira (9), pelo Grupo A, que teve ainda Argentina 4 a 3 em Senegal. No mesmo dia, pelo Grupo B, a Suíça superou Omã por 5 a 2 e a Itália derrotou Costa Rica por 6 a 1.

    O Grupo D conta ainda com Taiti e Madagascar, que às 12h (horário de Brasília) nesta sexta-feira. No primeiro jogo do dia, o Irã bateu a Espanha, atual vice-campeã mundial, por 6 a 5. Os dois primeiros colocados de cada grupo passam para as quartas de final.

    O mundial da modalidade foi organizado pela Beach Soccer Worldwide entre 1995 e 2004. O Brasil ganhou nove vezes e Portugal venceu uma. Após a FIFA assumir a administração da competição, somente a França, além dos brasileiros e dos russos, levantaram o título.

    Tags:
    estreia, futebol de praia, futebol de areia, Mundial de Beach Soccer, Copa do Mundo de Beach Soccer, Beach Soccer Worlwide, FIFA, Senegal, Argentina, Omã, Japão, Madagascar, Taiti, Irã, Costa Rica, Itália, Espinho, Suíça, Paraguai, México, Espanha, Portugal, Brasil, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik