08:58 22 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Zico

    Zico confirma intenção de se candidatar à presidência da Fifa

    © AFP 2019 / VANDERLEI ALMEIDA
    Esportes
    URL curta
    0 61

    O ex-craque do Flamengo e da seleção brasileira Arthur Antunes Coimbra, mais conhecido como Zico, ratificou nesta quarta-feira o seu desejo de concorrer ao cargo máximo da Federação Internacional de Futebol (Fifa), como havia sido cogitado anteriormente.

    Em entrevista coletiva na sede de seu clube, o CFZ, no Rio de Janeiro, o ídolo da Gávea reiterou o anúncio feito através das redes sociais após a renúncia de Joseph Blatter em tom de críticas à Fifa e à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a qual, segundo ele, não deve oferecer apoio durante o seu processo de candidatura. 

    Para a disputa pela presidência, o Galinho de Quintino descartou a possibilidade de percorrer o mundo em busca do apoio necessário para oficializar sua decisão. Questionando a lisura do atual modelo de candidatura, que exige a indicação por parte de, pelo menos, cinco federações, Zico disse que a chance de corrupção na Fifa começa exatamente "nessa troca de favores". De acordo com ele, isso deveria ser mudado e a eleição deveria ser feita a partir dos respectivos serviços prestados ao futebol. 

    De acordo com a rede britânica BBC, fontes ligadas à Fifa teriam afirmado que o novo presidente da entidade poderá ser conhecido já no próximo dia 16 de dezembro, data considerada adequada por membros da federação para a realização do pleito que definirá o sucessor de Blatter, embora outros órgãos de imprensa apostem em uma eleição apenas no ano que vem.

    Seja como for, fato é que a data da eleição só será oficialmente divulgada após a convocação do Comitê Executivo da FIFA, que deverá se reunir em julho, em Zurique. E, até lá, outros candidatos em potencial poderão aparecer pelo caminho, além dos já conhecidos Michel Platini, Ali Bin al-Hussein, Luís Figo e Ángel María Villar. 

    Mais:

    Maradona revela interesse por vice-presidência da Fifa
    FIFA: não há prova de suborno na votação para as Copas da Rússia e do Qatar
    Novo líder da FIFA dever ter "responsabilidade absoluta"
    Tags:
    futebol, eleição, CFZ, CBF, UEFA, FIFA, BBC, Ángel María Villar, Michel Platini, Ali bin al-Hussein, Luís Figo, Joseph Blatter, Zico, Gávea, Rio de Janeiro, Suíça, Zurique, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar