13:34 23 Julho 2017
Ouvir Rádio
    Formula E

    Moscou sediará prova de carros movidos a energia elétrica

    © AFP 2017/ GOH CHAI HIN / AFP
    Esportes
    URL curta
    0 41153

    O automobilismo caiu nas graças dos russos depois da realização do primeiro Grande Prêmio de Fórmula 1 do país, em outubro de 2014, em Sochi. Agora, a Rússia acertou a promoção, desta vez em Moscou, de mais uma importante categoria: a Fórmula E, que é a mais ecologicamente correta, sendo disputada por monopostos movidos a energia elétrica.

    A Federação Internacional de Automobilismo ajustou o calendário da primeira temporada da categoria para realizar no dia 6 de junho o GP da Rússia. Com isso, a prova de Berlim foi antecipada em uma semana, passando do dia 30 de maio para o dia 23. A disputa no país eslavo será a nona do calendário do campeonato que começou em setembro do ano passado, em Pequim, e terminará em Londres, no dia 27 de junho.

    A primeira temporada da categoria é liderada pelo brasileiro Lucas di Grassi e conta com muito ex-pilotos de Fórmula 1 e sobrenomes que fizeram história no automobilismo. Estão na disputa Bruno Senna, sobrinho de Ayrton Senna; Nélson Piquet Junior, filho de Nelson Pique; e Nicolas Prost, filho de Alain Prost.

    Na Fórmula E, cada equipe conta com dois pilotos e quatro carros. Durante a prova, cada competidor troca de monoposto assim que a bateria do primeiro acaba.

    Tags:
    Fórmula E, Fórmula 1, Ayrton Senna, Moscou, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik