Israeli Prime Minister Benjamin Netanyahu

Netanyahu promete vir ao Brasil para a posse de Bolsonaro em 2019

© AP Photo/ Sebastian Scheiner
Eleições 2018
URL curta
322621

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, deve vir pela primeira vez ao Brasil em 1º de janeiro de 2019, para a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). A informação foi publicada pelo jornal Folha de S. Paulo.

Durante a ligação em que felicitou o ex-capitão do Exército pela vitória no último domingo, Netanyahu externou a sua vontade de comparecer à posse de Bolsonaro em Brasília. Se confirmada, será a primeira visita de um premiê israelense ao país.

Ainda de acordo com a publicação, Netanyahu convidou Bolsonaro a visitar Israel – algo que ele também expôs em sua mensagem de congratulação ao novo presidente brasileiro no Twitter.

"Eu falei esta noite com o presidente eleito do Brasil, @jairbolsonaro. Eu parabenizei ele por sua vitória. Eu disse a ele que estou certo de que sua eleição levará a uma grande amizade entre nossos povos e ao fortalecimento dos laços entre Brasil e Israel. Estamos esperando por sua visita a Israel!", escreveu o primeiro-ministro.

Quando deputado federal pelo PSC, em 2016, Bolsonaro visitou Israel e teve a oportunidade de se encontrar com Netanyahu. Na mesma época, o então parlamentar foi batizado nas águas do rio Jordão e chegou a dizer que sua primeira viagem internacional, se fosse presidente do Brasil, seria para Israel.

Também pelo Twitter, Bolsonaro agradeceu a mensagem de Netanyahu.

Estremecidas desde o governo de Dilma Rousseff, a relação entre Brasil e Israel devem melhorar durante o governo Bolsonaro, que declarou durante a sua campanha a sua intenção de reconhecer Jerusalém como capital dos judeus, inclusive transferindo a embaixada brasileira de Tel Aviv para lá – seguindo os passos do presidente dos EUA, Donald Trump.

Quanto à ida para Israel, ela ainda dependerá da melhora da saúde de Bolsonaro, ainda se recuperando do atentado sofrido em 6 de setembro em Juiz de Fora (MG). Contudo, o futuro ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, indicou que Bolsonaro irá primeiro ao Chile, naquela que tende a ser a sua primeira viagem como presidente eleito.

Em setembro de 2017, Netanyahu fez a sua primeira visita a países da América Latina, passando por Argentina, Colômbia e México. O Brasil acabou "ignorado" por conta da indefinição que, segundo a diplomacia de Tel Aviv, existia sobre quem ocuparia a Presidência do Brasil na época. 

Mais:

Sérgio Moro se encontrará com Bolsonaro para discutir convite para Ministério da Justiça
Bolsonaro reduzirá pastas e criará superministério da Economia
Bolsonaro vai dar prioridade à China ao invés de BRICS, diz especialista
Tags:
cerimônia de posse, diplomacia, relações bilaterais, Partido Social Liberal (PSL), Donald Trump, Onyx Lorenzoni, Jair Bolsonaro, Benjamin Netanyahu, Brasil, Israel
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik