Vladimir Putin assinando um documento durante a reunião dedicada ao reequipamento das Forças Armadas da Rússia, novembro de 2017 (foto de arquivo)

Vladimir Putin envia telegrama parabenizando Jair Bolsonaro pela vitória

© Sputnik / Mikhail Klementiev
Eleições 2018
URL curta
157652

O Kremlin espera continuar interação com o Brasil após a eleição do novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, segundo o porta-voz do presidente russo. Mais tarde, a assessoria do Kremlin comunicou que Vladimir Putin parabenizou o recém-eleito presidente.

"Sem dúvidas, o Brasil é um parceiro importante da Federação da Rússia. Vocês sabem que nós tratamos muito atentamente do desenvolvimento das nossas relações bilaterais, bem como de nossa interação no âmbito de plataformas multilaterais", assinalou a jornalistas Dmitry Peskov, porta-voz do presidente. 

"O presidente Vladimir Putin enviou a Bolsonaro um telegrama de felicitação por ele ter sido eleito o presidente da República Federativa do Brasil. O líder russo avaliou altamente a experiência de colaboração mutualmente benéfica em várias áreas, acumulada pelos dois países no âmbito de relações de parceria estratégica", comunicou posteriormente a assessoria de imprensa do Kremlin.

De acordo com a assessoria do Kremlin, o presidente russo expressou confiança de que a Rússia e o Brasil vão levar adiante todos os laços estabelecidos entre os países, bem como parceria construtiva na ONU, G20, BRICS e em outras plataformas. 

Anteriormente, outros líderes mundiais felicitaram Jair Bolsonaro. Durante declaração a repórteres nesta segunda-feira (29), a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, informou que Trump telefonou para o líder recém-eleito, parabenizando tanto Jair Bolsonaro como o povo do Brasil pelas eleições. Além disso, líderes latino-americanos parabenizaram o futuro presidente. Entre eles, Mauricio Macri, Nicolás Maduro e Enrique Peña Nieto.

Após o segundo turno das eleições presidenciais no Brasil, Jair Bolsonaro (PSL) recebeu 55,1% dos votos, enquanto seu rival Fernando Haddad (PT) obteve 44,9%. O novo líder brasileiro assumirá o cargo no dia 1º de janeiro de 2019.

Mais:

Eleição de Bolsonaro trará enfrentamentos sociais, diz cientista político
Vitória de Bolsonaro e reforço de policiamento marcam 2º turno em Lisboa (FOTOS)
Datafolha: Bolsonaro tem 55% e Haddad 45%
Tags:
eleições 2018, telegrama, parabéns, vitória, Jair Bolsonaro, Vladimir Putin, Rússia, Brasil
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik