Ciro Gomes e Bolsonaro podem passar a dividir os holofotes na corrida presidencial.

IBOPE: Ciro Gomes segue sendo único candidato que derrota Bolsonaro com folga em 2º turno

© Foto : Montagem / Fotos Públicas
Eleições 2018
URL curta
12917

A pesquisa do IBOPE divulgada hoje pela TV Globo e pelo jornal O Estado de São Paulo confirmou o panorama dos últimos levantamentos: Ciro Gomes, do PDT, segue sendo o único candidato capaz de vencer com folga o capitão Jair Bolsonaro (PSL) no 2º turno. Considerando apenas votos válidos, o nordestino venceria com 54% contra 46% de Bolsonaro.

O tucano Geraldo Alckmin teria vida mais difícil em um eventual 2º turno contra Jair Bolsonaro. Em votos válidos, Alckmin ficaria com 51%, enquanto Bolsonaro registraria 49%. Pela margem de erro — que é de 2 pontos porcentuais para mais ou para menos — os dois estão tecnicamente empatados.

Contra Marina o capitão levaria a melhor, mas os dois também estão empatados na margem de erro. Considerando apenas votos válidos, Bolsonaro teria 52% e Marina 48%. 

No caso de Haddad, mais provável adversário do candidato do PSL no 2º turno, o petista teria 51% e Bolsonaro 49%. Os dois estão empatados na margem de erro, mas o resultado deve dar novo fôlego à campanha do PT que assistiu Bolsonaro crescer tanto no IBOPE quanto no Datafolha nos últimos dias.

Fidelidade

A pesquisa do IBOPE também mostrou o quão certo estão os eleitores em relação a seus votos e se admitem mudá-lo antes da votação no domingo. A confiança em torno do voto para Haddad aumentou 7 pontos desde o último levantamento realizado na segunda (1), passando de 49% para 56%. Isso significa que mais da metade dos eleitores do petista se dizem firmes na escolha pelo ex-prefeito de São Paulo.

Bolsonaro, porém, ainda lidera quanDo o assunto é fidelidade do voto: 57% dos seus eleitores dizem que não mudariam o voto pelo capitão de jeito nenhum. O índice era de 59% na segunda-feira e oscilou para baixo na margem de erro.

A pesquisa do IBOPE ouviu 3010 eleitores na segunda (1) e na terça (2). A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos e o índice de confiança é de 95%. O levantamento está registrado no TSE sob o número BR-08245/2018.

Tags:
Ibope, Datafolha, Jair Bolsonaro, Ciro Gomes, Fernando Haddad, Marina Silva, Geraldo Alckmin, Brasil
Padrões da comunidadeDiscussão
Comentar no FacebookComentar na Sputnik