23:31 17 Outubro 2021
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    009
    Nos siga no

    A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (15) um novo aumento do preço médio do litro da gasolina e do diesel nas refinarias.

    Os aumentos passarão a valer a partir desta sexta-feira (16), e a gasolina custará R$ 2,64 por litro (alta de 1,9%) e o diesel será comercializado nas refinarias por R$ 2,76 por litro (alta de 3,8%).

    "Os reajustes são realizados a qualquer tempo, sem periodicidade definida, de acordo com as condições de mercado e da análise do ambiente externo. Isso possibilita a companhia competir de maneira mais eficiente, flexível e evita o repasse imediato da volatilidade externa para os preços internos", disse a Petrobras.

    Só neste ano, o preço da gasolina já acumula alta de 43,47%, enquanto o valor do diesel já subiu 36,63% desde janeiro. As informações foram publicadas pelo portal G1.

    Nesta segunda-feira (12), o Conselho de Administração da Petrobras elegeu o general Joaquim Silva e Luna para o cargo de membro do colegiado.

    ​O ex-diretor-geral da Itaipu Binacional foi indicado para ocupar a presidência da estatal pelo presidente Jair Bolsonaro em substituição a Roberto Castello Branco.

    Em fevereiro, Bolsonaro passou a criticar a gestão de Castello Branco por conta do aumento de preços dos combustíveis e decidiu indicar o general Joaquim Silva e Luna para comandar a estatal.

    A troca foi mal recebida pelo mercado e fez com que a Petrobras perdesse R$ 100 bilhões em valor em apenas dois dias.

    Mais:

    Médicos de Goiânia são pressionados a receitar 'kit COVID-19', diz jornal
    Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, é diagnosticado com COVID-19 pela 2ª vez
    'Nosso segredo': Apex-Brasil inova para vender produtos brasileiros na Rússia em tempos de pandemia
    MSF: Brasil vive 'catástrofe humanitária' por falha na resposta à COVID-19
    Bolsonaro envia carta a Biden em que se compromete a 'zerar desmatamento ilegal' no Brasil até 2030
    Tags:
    Petrobras, preço, preço do diesel, preço da gasolina, preços de combustíveis, gasolina, posto de gasolina, diesel, Jair Bolsonaro, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar