11:30 13 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    4150
    Nos siga no

    Novo pacote de ajuda à economia norte-americana tem riscos de volatilidade para o fluxo de capitais aos mercados em desenvolvimento, mas o Banco Central da Rússia está sempre pronto para os reduzir, declarou a presidente da entidade bancária, Elvira Nabiullina.

    Durante coletiva de imprensa, a presidente do Banco Central russo afirmou: "A aprovação do novo pacote de ajuda econômica nos Estados Unidos, em meio à recuperação dinâmica da economia norte-americana, levou ao crescimento de avaliações dos riscos de inflação por parte dos mercados financeiros e, em consequência, ao aumento do rendimento na extremidade longa da dívida pública dos EUA".

    A economista também notou que o crescente rendimento pode criar riscos para estabilidade financeira, levando em consideração o número elevado de devedores.

    "Neste caso, isto pode significar para nós que entraremos em um período de maior volatilidade dos fluxos de capital aos países com mercados em desenvolvimento [...] Nós estamos monitorando a situação com atenção e temos sempre pronto todo um conjunto de instrumentos destinados a reduzir os possíveis riscos", detalhou ela.

    Em 10 de março, a Câmara de Representantes dos Estados Unidos aprovou o plano de estímulo para a economia americana de US$ 1,9 trilhão (R$ 10,74 tri), elaborado pelo presidente do país, Joe Biden. O plano inclui o pagamento de US$ 1.400 (R$ 7,9 mil) em cheques para famílias norte-americanas de baixa renda.

    Mais:

    Bloco econômico liderado por China e Rússia faz jogada para se afastar do dólar e do euro
    Lei Antibloqueio: Venezuela pede ajuda à Rússia para contornar sanções econômicas
    Lavrov: Rússia está pronta a cortar relações com UE se houver sanções que criem riscos para economia
    Tags:
    Elvira Nabiullina, Rússia, Banco Central, EUA, economia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar