21:40 22 Abril 2021
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    2261
    Nos siga no

    O presidente do Banco do Brasil, André Brandão, anunciou nesta quinta-feira (18) que decidiu deixar o comando da instituição.

    A informação foi publicada através de um Fato Relevante assinado pelo vice-presidente de Gestão Financeira e Relações com Investidores do Banco do Brasil, Carlos José da Costa André.

    "O Banco do Brasil [BB] comunica que o Sr. André Guilherme Brandão entregou, nesta data, ao Exmo. Sr. Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, ao Exmo. Ministro da Economia, Paulo Roberto Nunes Guedes, e ao Ilmo. Presidente do Conselho de Administração do Banco do Brasil, Hélio Lima Magalhães pedido de renúncia ao cargo de presidente do BB, com efeitos a partir de 1º de abril de 2021", escreveu.

    André Brandão foi indicado pelo Ministério da Economia para ocupar a presidência do Banco do Brasil em agosto de 2020.

    ​Se a renúncia for acatada pelo presidente Jair Bolsonaro, a indicação do novo presidente do banco seguirá as normas previstas no estatuto da instituição.

    Antes de assumir a presidência do Banco do Brasil, André Brandão trabalhou no HSBC por 18 anos, onde chegou ao posto de chefe global da instituição para as Américas. O executivo também já atuou no Citibank.

    Mais:

    Entre Lula e Bolsonaro, presidente do PSDB diz que preferiria levar tiro
    Militantes são detidos em BSB após exibir faixa com suástica contra Bolsonaro
    Superlotado, sistema prisional brasileiro sofre com um ano de pandemia
    Araújo oferece ajuda com vacinas ao Paraguai: 'O Brasil está precisando ser ajudado', diz analista
    Tags:
    mercado financeiro, mercado, renúncia, presidência, presidente, BB - Banco do Brasil, Banco do Brasil, economia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar