22:34 25 Fevereiro 2021
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    3100
    Nos siga no

    O fundo soberano da Noruega vendeu todo seu portfólio de empresas focadas na exploração e produção de petróleo depois de no ano passado perder cerca de US$ 10 bilhões (R$ 54 bilhões) devido a sua participação em companhias petrolíferas e de gás.

    Fundo soberano da Noruega – o maior do mundo – vendeu todo o portfólio de empresas centradas na exploração e produção de petróleo, informou Trond Grande, o vice-diretor executivo do fundo, nesta quinta-feira (28) à agência Bloomberg.

    O portfólio, avaliado em aproximadamente US$ 6 bilhões (R$ 32,7 bilhões) em 2019, foi vendido pelo gigantesco investidor no final do ano passado, completando um processo de vários anos destinado a minimizar para a economia norueguesa os riscos ligados ao preço de petróleo.

    Ao longo de ano passado, o fundo perdeu cerca de US$ 10 bilhões devido a suas participações nas empresas de petróleo e gás, por isso finalmente se livrou desse portfólio, que foi avaliado no início de 2020 em mais de US$ 40 bilhões.
    Exploração do petróleo no mar da Noruega (foto de arquivo)
    © AFP 2021 / MARCEL MOCHET
    Exploração do petróleo no mar da Noruega (foto de arquivo)

    Trond Grande concedeu a entrevista depois que o fundo anunciou um "forte resultado em um ano instável", com um lucro de US$ 123 bilhões (R$ 670,7 bilhões) em 2020 apesar da pandemia.

    A maior parte deste rendimento, 41,9%, provém das participações do fundo em empresas de tecnologia, como a Apple Inc. e Amazon.com Inc., que registraram grande aumento da demanda por seus produtos em meio a restrições e confinamentos impostos por causa da COVID-19.

    Mais:

    China pode ofuscar EUA como maior refinaria do mundo
    Estratégia da Petrobras de reduzir presença internacional prejudica o Brasil, diz petroleiro
    Arábia Saudita: 4 novos campos de petróleo e gás foram descobertos, afirma ministro da Energia
    Tags:
    investimento, COVID-19, Noruega, Fundo Soberano, mercado petrolífero, exploração de petróleo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar