03:29 26 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    COVID-19 no mundo no início de janeiro de 2021 (75)
    0143
    Nos siga no

    A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) informou nesta segunda-feira (4) que a China, por medidas de segurança, suspendeu a importação de carne suína de unidade da Aurora em Santa Catarina. 

    A fábrica fica localizada na cidade de Chapecó. Não há informações sobre o prazo da proibição. O Ministério da Agricultura disse que foi notificado sobre a medida em 28 de dezembro.

    Segundo a pasta, as autoridades chinesas pediram informações sobre casos da COVID-19 detectados na unidade catarinense. 

    A Associação Brasileira de Proteína Animal, por sua vez, afirmou que a entidade está auxiliando o Ministério da Agricultura a prestar os esclarecimentos necessários ao governo chinês, para que assim a suspensão seja revertida. 

    "A ABPA ressalta que se trata de uma situação pontual e pretérita", disse a entidade. "Todas as informações e demonstrações de boas práticas da cooperativa, que segue os rígidos protocolos setoriais e oficiais referentes à COVID-19, detalhadamente demonstradas às autoridades chinesas", acrescentou a entidade, segundo o portal G1.

    China já adotou medida em outras ocasiões

    Essa não é a primeira vez que a China suspende a importação de carne do Brasil durante a pandemia do coronavírus por questões de segurança. 

    O país asiático já aplicou vetos a 11 frigoríficos e uma unidade de pescados brasileiros. 

    Cinco unidades ainda não podem vender carne para a China: duas fábricas da JBS, em Passo Fundo (RS) e Três Passos (RS; uma da Minuano, em Lajeado (RS); e duas da Aurora, a primeira em Xaxim (SC) e agora a de Chapecó. 

    Entre os motivos apontados pelas autoridades chinesas está a detecção de traços do coronavírus nas embalagens das carnes oriundas do Brasil. 

    Tema:
    COVID-19 no mundo no início de janeiro de 2021 (75)

    Mais:

    Brasil pode continuar ganhando com exportações de petróleo sendo 'reserva estratégica' da China
    JBS fecha acordo bilionário com Alibaba e avança com exportações para a China
    Petrobras perde liderança em receita para JBS pela 1ª vez em 22 anos
    Tags:
    novo coronavírus, COVID-19, China, Brasil, carne, carne suína, JBS, pandemia, Ministério da Agricultura do Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar