03:57 17 Junho 2021
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    Pandemia de COVID-19 no mundo em meados de novembro (90)
    0 0 0
    Nos siga no

    A economia global está se recuperando da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus, mas há sinais de que está perdendo força em alguns países com o ressurgimento das taxas de infecção por COVID-19.

    A avaliação foi feita nesta quinta-feira (19) pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) em relatório preparado para o G20, citado pela agência Reuters.

    O relatório, divulgado antes das reuniões virtuais desta semana entre ministros das finanças e líderes das economias do G20, destaca o dilema nesse processo de recuperação global e alerta que a crise provavelmente deixará um legado de grande prejuízo e ainda mais desigualdades sociais e econômicas.

    A chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, durante pronunciamento.
    © AP Photo / Jose Luis Magana
    A chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, durante pronunciamento.

    A diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva, destacou o que chamou de "progresso significativo" no desenvolvimento de vacinas para conter o vírus, que já matou mais de um milhão de pessoas no mundo e fez com que dezenas de milhões perdessem seus empregos.

    Tema:
    Pandemia de COVID-19 no mundo em meados de novembro (90)

    Mais:

    EUA superam a marca de 250 mil mortes causadas pela COVID-19
    FMI revisa queda do PIB brasileiro para 5,8% neste ano
    Missão do FMI chega à Argentina para negociar devolução de empréstimo
    Países membros do BRICS compartilham visões em comum nas reformas de FMI, OMC e OMS, diz Putin
    Tags:
    Crise, emprego, COVID-19, FMI, saúde, economia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar