02:51 28 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    2411
    Nos siga no

    O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira (15) que "está proibido" falar sobre o possível programa Renda Brasil e que, na verdade, o Bolsa Família é que vai continuar.

    A declaração foi dada em um vídeo publicado nas redes sociais pelo próprio presidente.

    "E a última coisa, para encerrar: até 2022, no meu governo, está proibido falar a palavra Renda Brasil. Vamos continuar com o Bolsa Família e ponto final", afirmou Bolsonaro.

    Bolsonaro ameaçou com "cartão vermelho" integrantes da equipe econômica que defenderem medidas como o corte de benefícios de aposentados e deficientes.

    ​"Quem porventura vier a propor para mim uma medida como essa, eu só posso dar um cartão vermelho para essa pessoa. É gente que não tem o mínimo de coração, o mínimo de entendimento de como vivem os aposentados no Brasil", afirmou o presidente.

    O Renda Brasil seria um programa de assistência social que usaria como base a experiência adquirida com o pagamento do auxílio emergencial durante a pandemia e substituiria o Bolsa Família.

    Mais:

    COVID-19 reduz renda de 77% dos mais pobres e dos 26% dos mais ricos no Brasil, diz pesquisa
    Brasil deveria priorizar vacinação da população de baixa renda contra COVID-19, diz especialista
    Renda Brasil terá valor médio de R$ 247 e deve fechar o Farmácia Popular, diz mídia
    Renda Brasil vai tirar dinheiro do 'andar de cima', afirma Guedes
    Tags:
    Jair Bolsonaro, Bolsa Família, assistência social, economia, Brasil
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar