00:07 04 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    5111
    Nos siga no

    Impulsionado pela pandemia, o déficit norte-americano nos primeiros nove meses do ano fiscal alcançou um valor recorde de US$ 2,7 trilhões (R$ 14,4 trilhões).

    O déficit federal dos EUA em junho foi de US$ 863 bilhões (R$ 4,6 trilhões), o que é 107 vezes mais que os US$ 8 bilhões (R$ 42,7 bilhões) registrados no mesmo mês do ano passado, segundo estimativas do Escritório de Orçamento do Congresso dos EUA (CBO, na sigla em inglês).

    Nos primeiros nove meses do atual ano fiscal, que nos EUA é contabilizado de setembro a setembro, o déficit alcançou a cifra recorde de US$ 2,7 trilhões (R$ 14,4 trilhões), dois trilhões a mais que no mesmo período do ano passado.

    O aumento foi causado pela parada econômica provocada pela pandemia do coronavírus e pela resposta dada pelo governo federal, segundo o relatório.

    Nota de dólar americano na frente de um gráfico de ações
    © REUTERS / Dado Ruvic
    Nota de dólar americano na frente de um gráfico de ações

    Durante os primeiros nove meses do atual ano fiscal, a arrecadação de impostos caiu 13% em comparação com o mesmo período de 2019, totalizando aproximadamente US$ 2,3 trilhões (R$ 12,2 trilhões).

    Entretanto, os desembolsos cresceram aproximadamente 49% em relação ao mesmo período do ano fiscal de 2019, superando US$ 5 trilhões (R$ 26,7 trilhões).

    Em junho, a arrecadação desabou aproximadamente 28%, ficando em US$ 242 bilhões (R$ 1,2 trilhão), enquanto os gastos cresceram aproximadamente 223%, alcançando US$ 1,1 trilhão (R$ 5,8 trilhões).

    Quase metade dessa quantia foi destinada ao Programa de Proteção da Folha de Pagamento, que ajuda as pequenas empresas a manter os funcionários empregados em tempos de crise.

    Mais:

    'Império em declínio': EUA negam colapso econômico futuro no palco mundial, diz especialista
    Economia dos EUA está em queda livre e crise é inevitável, advertem especialistas
    Eventual proibição de entrada de brasileiros nos EUA afetará economia, diz especialista
    Tags:
    EUA, recorde, ano fiscal, déficit, economia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar