09:36 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    Mundo enfrentando COVID-19 no início de julho (40)
    0 82
    Nos siga no

    A China suspendeu temporariamente as importações de carne suína de dois frigoríficos localizados no Brasil, da JBS e da BRF, ambos no Rio Grande do Sul. 

    Segundo a agência Reuters, o veto da autoridade aduaneira chinesa vale para uma unidade da BRF, em Lajeado, e uma da BRF, em Três Passos. 

    A informação sobre a proibição do embarque da carne oriunda dos dois frigoríficos foi publicada no sábado (4) no site da Administração Geral de Alfândega da China. No boletim consta apenas os números de registros das unidades e não há explicação para o motivo da suspensão. 

    No entanto, a China vem demonstrando preocupação com um novo surto da COVID-19 no país e aumentou o controle sobre as importações de carnes, por temer que o coronavírus possa entrar em seu território por meio de alimentos vindos de outras nações. 

    Recentemente, o país asiático pediu para que exportadores de carne certifiquem que seus produtos estão livres do vírus, medida que a BRF e JBS afirmam ter tomado. 

    Seis unidades tiveram vendas suspensas

    Na semana passada, a China anunciou a suspensão de importação de outros dois frigoríficos do Rio Grande do Sul, um da JBS, em Passo Fundo, e um da Minuano, em Lajeado. Ao todo, seis frigoríficos brasileiros tiveram a venda de carnes suspensa para a China. 

    A JBS disse que não comentaria o caso e estava tomando as medidas para garantir a qualidade dos alimentos e a saúde de seus funcionários. 

    A BRF, por sua vez, afirmou que desconhece o motivo da suspensão e está atuando junto às autoridades brasileiras e chinesas para a reversão da medida. 

    "Vale salientar ainda que os órgãos chineses já realizaram testes em mais de 50 mil amostras de alimentos de forma aleatória procedentes de diversos países e das mais variadas empresas e nada foi constatado até o momento", diz a nota da empresa, segundo a Reuters. 

    ​Lajeado é uma das cidades mais atingidas do RS

    Com 1.603.055 casos da doença, o Brasil é o segundo país do mundo com maior número de pessoas infectadas, atrás apenas dos Estados Unidos.

    O município de Lajeado tem 22 mortes pela COVID-19 e 1.660 casos, terceira cidade do Rio Grande do Sul com maior número de pessoas infectadas, segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, informou o portal G1. 

    Em Três Passos, há 406 casos e três mortes. 

    A China é o maior comprador de carne suína, bovina e de frango do Brasil.

    Tema:
    Mundo enfrentando COVID-19 no início de julho (40)

    Mais:

    Tempestade perfeita: crise na China faz dobrar venda de carne brasileira para país
    China revive economia e eleva importações de carne do Brasil e de outros países sul-americanos
    Redução de exportação de carne australiana à China pode beneficiar o Brasil, diz economista
    Tags:
    Grupo BRF, JBS, carne suína, frigoríficos, exportações, importações, Brasil, China, carne, epidemia, pandemia, COVID-19, novo coronavírus
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar