13:23 27 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    3019
    Nos siga no

    Os Estados Unidos estão pressionando a Bielorrússia por maior abertura do seu mercado para companhias norte-americanas, como confirmou o Departamento de Estado dos EUA nesta sexta-feira (15).

    "Os Estados Unidos exortam a Bielorrússia a aproveitar os progressos alcançados para aumentar o acesso das empresas americanas ao seu mercado e a empreender as reformas orientadas para o mercado, liberalizantes do comércio, necessárias para avançar no processo de adesão à OMC [Organização Mundial do Comércio]. Esses desenvolvimentos ajudarão a Bielorrússia a liberar todo o seu potencial comercial e de investimento e a garantir seu futuro", disse o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, por meio de nota. 

    ​Também hoje (15), o ministro das Relações Exteriores da Bielorrússia, Vladimir Makei, confirmou que o país começou a receber carregamentos de petróleo dos EUA, o que, segundo Pompeo, fortalecerá a soberania e a independência do país europeu.

    "A entrega de petróleo americano faz parte da estratégia do Estado de diversificar as fontes [de suprimento] e garantir o funcionamento constante do complexo de processamento de petróleo da Bielorrússia em 2020 e nos anos seguintes", afirmou o chanceler bielorrusso em comunicado.

    Segundo Makei, seu país pretende continuar agindo para aumentar as relações de parceria com os EUA e promover os laços econômicos bilaterais.

    Mais:

    Bielorrússia tem 2º condenado à pena de morte em 2019
    Melhores imagens do que sobrou da Bielorrússia 'nuclear'
    Donetsk rejeita oferta para receber forças de paz bielorrussas
    EUA propõem que Bielorrússia compre seu petróleo ao invés do russo
    Tags:
    Vladimir Makei, Mike Pompeo, OMC, economia, mercado, parceria, petróleo, Europa, Europa Oriental, Bielorrússia, EUA, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar