23:53 14 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Economia
    URL curta
    Avanço da pandemia de COVID-19 em meados de maio (112)
    110
    Nos siga no

    Prolongamento do fechamento de fronteiras e do isolamento social poderia ocasionar uma perda de 158 milhões a 242 milhões de empregos em todo o mundo, adverte o Banco Asiático de Desenvolvimento.

    pandemia da COVID-19 poderia causar uma perda de US$ 5,8 trilhões (R$ 33,7 trilhões) a US$ 8,8 trilhões (R$ 51,1 trilhões) para economia global, o que seria de 6,4% a 9,7% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial, estima o Banco Asiático de Desenvolvimento (ADB, na sigla em inglês).

    Estas cifras figuram no relatório atualizado do ADB sobre o potencial impacto da pandemia na economia e superam mais do dobro das previsões publicadas no começo de março. Segundo o relatório publicado em 3 de abril, o custo global da pandemia oscilaria entre US$ 2 trilhões (R$ 11,6 trilhões) e US$ 4,1 trilhões (R$ 23,8 trilhões).

    O banco asiático estima que se as restrições pelo coronavírus forem mantidas por mais três meses, as perdas econômicas para a região da Ásia-Pacífico seriam de US$ 1,7 trilhão (R$ 9,8 trilhões), e se forem mantidas por mais seis meses, então o prejuízo seria de US$ 2,5 trilhões (R$ 14,5 trilhões).

    Dependendo da duração – três ou seis meses, o fechamento das fronteiras, as restrições de viagem e o isolamento social poderiam contrair o comércio mundial de US$ 1,7 trilhão (R$ 9,8 trilhões) a US$ 2,6 (R$ 15,1 trilhões). Além do mais, neste cenário se produziria uma diminuição global de empregos, com uma perda de 158 milhões a 242 milhões de empregos (70% destes na Ásia-Pacífico).

    "Esta nova análise apresenta uma imagem ampla do potencial e muito significativo impacto econômico da COVID-19", indicou o economista-chefe do banco, Yasuyuki Sawada. "Estas conclusões podem proporcionar aos governos um guia político relevante à medida que desenvolvem e implementam medidas para conter a pandemia", agregou.

    Tema:
    Avanço da pandemia de COVID-19 em meados de maio (112)

    Mais:

    Coronavírus: prêmio Nobel de Economia recomenda novo Plano Marshall
    Alemanha espera perdas de 100 bilhões de euros em impostos devido ao coronavírus
    Índia anuncia pacote econômico de US$ 266 bilhões em meio à pandemia
    Tags:
    pandemia, economia, Ásia, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar